saúde

Pacientes são transferidos de Manaus para outros estados

Diversos pacientes morreram asfixiados por falta de oxigênio devido ao colapso no sistema de saúde provocado pela Covid-19

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 15/01/2021 às 11:42
NOTÍCIA
Reprodução/FAB
FOTO: Reprodução/FAB
Leitura:

Por causa do colapso no sistema de saúde provocado pela pandemia da Covid-19, o estado do Amazonas enfrenta uma crise pela falta de cilindros de oxigênio. Devem ser transferidos 235 pacientes da cidade de Manaus para outros estados por causa da dificuldade no atendimento.

Gusttavo Lima diz que fará doação de 150 cilindros de oxigênio para Manaus

Whindersson Nunes compra oxigênio para pacientes de Manaus e chama famosos para ajudar

Os pacientes começaram a ser levados em voos da Força Aérea Brasileira (FAB) na manhã desta sexta-feira (15). O Ministério da Defesa informou que as aeronaves tem como destino Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte e Paraíba. Hospitais de Goiás, Pernambuco, Ceará e Distrito Federal também deverão receber pacientes.

Quantidade de leitos e tranaferência

De acordo com o Ministério da Saúde, as tranferências devem ocorrer em duas aeronaves da FAB e já foram garantidos 149 leitos em outros Estados. São 40 em São Luís (MA), 30 em Teresina (PI), 15 em João Pessoa (PB), 10 em Natal (RN), 20 em Goiânia (GO), 4 em Fortaleza (CE), 10 em Recife (PE) e 20 no Distrito Federal.

O governos Federal e Estadual não detalharam quantos voos serão necessários para fazer a transferência dos pacientes. Também não foi divulgado o planejamento de quantos dias a operação deve durar.

Mais Lidas