política

Pedido coletivo de impeachment de Bolsonaro foi anunciado por partidos de oposição

O argumento é de que o presidente cometeu "crimes de responsabilidade em série"

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 16/01/2021 às 10:19
NOTÍCIA
Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
FOTO: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Leitura:

Os partidos Rede, PSB, PT, PCdoB e PDT, que reúnem 119 deputados, anunciaram que vão protocolar nos próximos dias um pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro. O argumento utilizado é de que o presidente cometeu "crimes de responsabilidade em série".

Desaprovação do governo Bolsonaro aumenta para 40%, diz pesquisa

Em nota publicada, o pedido cita o colapso no sistema de saúde de Manaus e fala que já passou da hora de o Congresso tomar alguma atitude. O pedido deve ser somado a outros 50, que foram entregues à Câmara desde janeiro de 2019.

"O presidente da República deve ser política e criminalmente responsabilizado por deixar sem oxigênio o Amazonas, por sabotar pesquisas e campanhas de vacinação, por desincentivar o uso de máscaras e incentivar o uso de medicamentos ineficazes, por difundir desinformação, além de violar o pacto constitucional entre União, Estados e Municípios", diz nota conjunta publicada em conjunto pelos partidos.

Câmara

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que a decisão sobre o impeachment de Bolsonaro não cabe mais a ele, e sim ao próximo presidente da casa, que deve ser eleito em Fevereiro.

Disse que esse assunto vai ser discutido no futuro, porque tem parte da sociedade que cobra. Não sou eu mais que vou tratar desse assunto. Eu foquei o meu trabalho no último ano na pandemia", afirmou Maia.

Mais Lidas