covid-19

Anvisa decide sobre uso emergencial das vacinas contra Covid-19 neste domingo (19)

Os pareceres apresentados pelo Butantan e pela Fiocruz são analisados em reunião realizada com a presença de cinco diretores

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 17/01/2021 às 11:19
NOTÍCIA
Marcelo Camargo/ Agência Brasil
FOTO: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
Leitura:

Na manhã deste domingo (17), a Anvisa deu início a uma reunião extraordinária para avaliar a aprovação do uso emergencial das vacinas contra a Covid-19 no Brasil. São analisadas as vacinas CoronaVac, produzida no Brasil pelo instituto Butantan, e a vacina produzida pela Universidade de Oxford e laboratório AstraZeneca, em parceria com a Fiocruz.

Anvisa deve decidir sobre uso emergencial de vacinas contra covid-19 no domingo

Butantan afirma que CoronaVac tem eficácia global de 50,38%

De acordo com a Anvisa, no encontro, que tem duração prevista de cinco horas, os diretores vão analisar os pareceres elaborados por três áreas técnicas. As equipes técnicas, reúnem 50 pessoas, são divididas em registro de medicamentos, certificação de boas práticas de fabricação e farmacovigilância de medicamentos.

Vacinas em avaliação

A Anvisa avalia os pedidos para uso emergencial da CoronaVac, produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Butantan, no Brasil. Em resultados apresentados pelo instituto, foi constatado que o imunizante possui eficácia global de 50,38%.

O outro pedido analisado é da vacina produzida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, junto com a empresa AstraZeneca. O imunizante é produzido no país em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Os testes apresentados apresentaram eficácia média de 70,4%.

Acompanhe a reunião

Mais Lidas