Futebol

Palmeiras e Santos disputam final da Libertadores neste sábado (30)

Partida terá a transmissão da TV Jornal

Laís Milena
Laís Milena
Publicado em 27/01/2021 às 15:25
NOTÍCIA
Reprodução do Twitter/ Conmebol
FOTO: Reprodução do Twitter/ Conmebol
Leitura:

Palmeiras e Santos disputam no sábado (30) o título da Copa Libertadores. A decisão às 17, no Maracanã vai consagrar o campeão como um dos mais ajustados do Brasil e da América. A final terá a transmissão do SBT para todo o Brasil e exibição da TV Jornal para Pernambuco. 

Final da Libertadores será 100% brasileira, após 15 anos; veja
Fifa: saiba tudo sobre o Mundial de Clubes de 2020
Palmeiras é eleito o 2º melhor time do mundo em 2020, segundo IFFHS

Para o Palmeiras o feito será a consagração do investimento de anos em um elenco capaz de disputar três competições (Copa do Brasil, Libertadores e Campeonato Brasileiro) ao mesmo tempo. Além do Mundial, este é o único título que falta no ciclo vitorioso que o clube iniciou desde a reconstrução em 2015, ao lado da patrocinadora Crefisa. O verdão busca seu segundo troféu na competição, o primeiro foi em 1999, de lá para cá o palestra sempre esbarrou na competição sul-americana.

Já o Santos busca voltar ao patamar vitorioso da época de Neymar, última vez que o time venceu a Libertadores. Antes, já havia conquistado o título duas vezes, em 1962 e 1963, na Era Pelé. O sonho do Peixe é se tornar o primeiro clube brasileiro com quatro conquistas. O troféu vai afastar de vez os momentos tenebrosos que o time enfrentou no início da temporada, com troca atrasos de salário, problemas de gestão e o afastamento do presidente.

Mundial de Clubes

O título da Libertadores é a passagem para a disputa do Mundial de Clubes, que será realizado no início de fevereiro, no Catar. O último brasileiro campeão do mundo foi o Corinthians, em 2012. Uma conquista de Palmeiras ou Santos faz com que o time traga na bagagem, mais que o troféu, o prestígio e recursos para busca de patrocínios e contratação de reforços.

O Santos ganhou o Mundial duas vezes, em 1962 e 1963, atrás no Brasil apenas do tricampeão São Paulo. Já o Palmeiras considera a Copa Rio de 1951 como Mundial, apesar das polêmicas em relação ao reconhecimento da Fifa sobre o clube ser ou não campeão do mundo.

Mais Lidas