coronavírus

China diz que teste anal com cotonete é mais eficaz para detectar Covid-19

Especialistas dizem que o vírus pode permanecer mais tempo em amostras fecais ou anais

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 28/01/2021 às 15:25
NOTÍCIA
Tyrone Siu
FOTO: Tyrone Siu
Leitura:

Na China, algumas cidades começaram a realizar testes para diagnosticar a Covid-19 de forma diferente nos pacientes. Um exame anal, a partir da inserção de um cotonete, tem apresentado resultados significativos no país.

China passa a usar teste retal para detectar Covid-19, diz TV estatal

O teste anal para detectar o vírus é realizado com um cotonete em embebido em solução salina de 3 a 5 centímetros no ânus, seguida de uma rotação suave. Especialistas afirmam que o vírus permanece por mais tempo nas amostras fecais e anais do que no nariz e garganta.

Esse tipo de teste foi adotado pela China para conter os surtos da doença. As amostras são utilizadas no método de diagnóstico PCR. Autoridades chinesas afirmam que o exame são exclusivos para "grupos-chave", como pessoas em quarentena.

Sorologia, RT-PCR? Entenda como funcionam os principais exames para diagnosticar a COVID-19

Casos

Na cidade de Weinan, um homem de 52 anos testou positivo para Covid-19 teve diagnóstico negativo depois de realizar o teste feito com amostra da garganta. Ao realizar o teste através do ânus, o resultado apontou para a infecção por coronavírus.

Já na cidade de Pequim, a técnica dos testes anais foi realizada na última semana em mais de mil membros de uma escola, entre eles professores, funcionários e alunos, após a notificação de um caso de Covid-19 na região.

Mais Lidas