comunicado

Após seis décadas, Fafica encerra atividades educacionais

A decisão foi tomada pelo Colégio dos Consultores da Diocese de Caruaru

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 03/02/2021 às 11:41
NOTÍCIA
Reprodução/Fafica
FOTO: Reprodução/Fafica
Leitura:

Em comunicado divulgado nesta quarta-feira (3), a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (Fafica), de Caruaru, no Agreste, comunicou que encerrou suas atividades após seis décadas. A instituição foi criada em 9 de agosto de 1960 pelo segundo bispo diocesano de Caruaru, Dom Augusto Carvalho.

Historiador destaca que Fafica deixa um legado insubstituível após fechamento

A Fafica esclareceu no comunicado que enfrentou múltiplas dificuldades, que afetaram as faculdades particulares de todo o Brasil durante a pandemia da Covid-19, como a crise econômica, que afetou diretamente o setor educacional.

A decisão foi tomada pelo Colégio dos Consultores da Diocese de Caruaru e aprovada pelo atual bispo diocesano, Dom José Ruy Gonçalves Lopes, após avaliação do cenário educacional e financeiro atual em que o país e as instituções de ensino estão enfrentando.

"Conduzida por diretores inteligentes e abnegados, a Fafica cumpriu, ao longo do tempo, a sua nobre missão. Foi a semente que, plantada em terreno fértil, desabrochou, cresceu, tornou-se árvore e deu abundantes frutos. Sob a sombra fecunda de árvore tão grandiosa, sucessivas gerações receberam uma sólida formação acadêmica que as preparou para o competente exercício do magistério e de outras profissões", diz o comunicado da Fafica.

Mais Lidas