policial

Jovem diz que foi estuprado por Anderson Leonardo, vocalista do Molejo; cantor nega

O dançarino de 21 anos fez diversas acusações. A assessoria de Anderson nega qualquer crime.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 04/02/2021 às 11:56
NOTÍCIA
Reprodução/Instagram
FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Conhecido como MC Maylon, o cantor de dançarino Maycon Douglas , de 21 anos, registrou um boletim de ocorrência na última terça-feira (3) alegando ter sido estuprado pelo vocalista do grupo de pagode Molejo, o pagodeiro Anderson Leonardo. Por sua vez, o cantor respondeu às acusações por meio de nota e negou qualquer crime. A polícia investiga o caso.

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, Maylon teria saído de casa para encontrar Anderson no dia 11 de dezembro para conversar sobre uma possível abertura para a carreira artística em um clube na Taquara, no Rio de Janeiro. O MC contou que foi até o casso e que a conversa foi sobre uma bota danificada em um show que fizeram juntos.

Maylon teria comentado sobre o ocorrido com a esposa de Anderson e o cantor não gostou, por isso decidiu lhe dar um "castigo" de suspensão dos eventos dele por um mês e cinco dias. Depois de informar sobre isso, Anderson teria se dirigido até um motel e afirmado que os dois iriam ter uma "reunião sigilosa".

Ao chegar no local, Maylon contou que o cantor teria dado as chaves do quarto para que ele abrisse a porta, mas ele negou. Em seguida, Anderson teria aberto a porta e forçado o dançarino a largar o celular. No quarto, o pagodeiro teria tirado a roupa dele e o estuprado."Quando ele penetrou em mim, senti muita dor", declarou.

Maylon relatou ainda que ouviu diversos xingamentos e teria desmaiado. Quando acordou, percebeu que foi deixado numa rua próxima ao motel.

Investigação

A Polícia Civil informou que o caso segue sendo investigado. Na manhã desta quinta-feira (4), foi divulgado que o cantor Anderson deve ser convocado para depor. A suposta vítima deve prestar um novo depoimento e apresentar uma peça íntima citada por ele na denúncia.

Por sua vez, a assessoria de Anderson Leonardo negou qualquer crime envolvendo o cantor.

Confira a nota da assessoria do cantor

"O Cantor [Anderson Leonardo] foi surpreendido, assim como todos, com o que foi veiculado na imprensa na data de hoje, não tendo qualquer conhecimento acerca do publicado em redes sociais ou mesmo em sede policial, vez que não foi intimado para prestar quaisquer informações, pelo que, não teve nem mesmo ciência do que consta do registro de ocorrência.

Esclarece ainda que lamenta profundamente as declarações envolvendo seu nome, refutando qualquer ato de violência contra quem quer que seja, negando categoricamente à acusação completamente falsa de agressão sexual feita em seu desfavor.

Ressalta, outrossim, que em mais de 30 anos de vida pública, jamais tivera seu nome ligado a qualquer ato criminoso ou que viesse a desabonar ou macular a sua imagem e carreira, seja de sua vida profissional ou pessoal.

Informa também que conhece a suposta vítima, mas jamais praticou os atos veiculados na imprensa, inclusive, tem conhecimento que a suposta vítima já esteve presente em diversas apresentações artísticas do Cantor, em ocasiões posteriores à falaciosa alegação, o que demonstra, claramente, que a narrativa publicada nunca ocorreu.

Assim, o cantor esclarece, por meio de sua assessoria, que os fatos publicados não são verdadeiros, repudiando veementemente os profissionais que praticam o jornalismo inverídico, sensacionalista e desarrazoado."

Mais Lidas