vacina

Governo negocia compra de 10 milhões de doses da Sputnik V

Ministério da Saúde disse que vai efetivar a compra se Anvisa aprovar e se o preço for 'competitivo'.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 05/02/2021 às 15:38
NOTÍCIA
Janaína Pepeu/Divulgação
FOTO: Janaína Pepeu/Divulgação
Leitura:

Nesta sexta-feira (5), o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Elcio Franco, anunciou a intenção do Governo Federal em comprar 10 milhões de doses da vacina contra a Covid-19, Sputnik V. Para efetivar a compra, o governo aguarda a liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso emergencial.

Responsável pela Sputnik V diz que vacinação no Brasil começa em março

Estudo aponta que vacina da Oxford tem 82% de eficácia após 2ª dose

Além disso, o ministério comunicou que a compra será feita se o governo considerar o preço do imunizante "competitivo". A fórmula desenvolvida pela Rússia deve ser produzida pelo laboratório União Química, no Distrito Federal, se for autorizada.

Aprovação da Anvisa

O governo se interessou em comprar a Sputnik V depois que a Anvisa comunicou que não seria mais exigida a fase 3 nos estudos realizados no Brasil. Essa fase leva em conta a aplicação e testes em larga escala, com milhares de voluntários, com o objetivo de avaliar a segurança e eficácia.

Depois que a Anvisa divulgou a decisão, o governo anunciou também que tem interesse em comprar doses da vacina Covaxin, produzida pelo laboratório indiano Bharat Biotech.

Mais Lidas