Política

Entrevista com o ex-governador de Pernambuco, Joaquim Francisco, no programa Além da Notícia

Ele disse que harmonia entre Câmara, Senado e Presidência pode agilizar vacinação

Berg Santos
Berg Santos
Publicado em 08/02/2021 às 17:44
NOTÍCIA
Foto: Igo Bione / JC Imagem
FOTO: Foto: Igo Bione / JC Imagem
Leitura:

ex-governador de Pernambuco, Joaquim Francisco disse em entrevista ao programa Além da Notícia, que o problema do Brasil na pandemia foi a politização da vacina. Ele também falou sobre as eleições para presidência da Câmara e Senado e o cenário político do país.

Sobre a eleição de Arthur Lira (PP-AL) para a Câmara dos Deputados e de Rodrigo Pacheco (DEM-MG) para o Senado, Joaquim disse que ficou satisfeito com o resultado. "Com essa sintonia entre os presidentes da Câmara e Senado com o Bolsonaro temos todos os elementos para apressar a vacinação, as medidas da área da saúde e decidir a questão do auxílio emergencial".

Ao ser questionado sobre os 60 pedidos de impeachment protocolados contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o ex-governador respondeu: "Existem mecanismo para resolver essas desavenças sem ser pelo impeachment. Não vai ocorrer o impedimento do presidente na minha opinião. Esse assunto foi superado", declarou.

Joaquim defendeu o mandato de cinco anos para políticos e falou que a oposição precisa se articular para que possa vencer as próximas eleições. "Nós temos uma ampla margem de fazer um projeto conjunto para chegar a 2022 unidos". Para ele, o PSB é PHD em matéria de eleição.

Confira a entrevista completa

 

Mais Lidas