Crime

Sogro é suspeito de furtar carro, joias e TVs de nora durante enterro dela

Mulher palmeirense foi morta a golpes de faca pelo marido corintiano, após discussão por futebol

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 09/02/2021 às 14:45
NOTÍCIA
Reprodução/NE10 Interior
FOTO: Reprodução/NE10 Interior
Leitura:

O sogro da representante comercial, Érica Fernandes Alves Ceschini, de 34 anos é o principal suspeito de furtar os bens na nora durante o enterro dela. A mulher foi morta a golpes faca pelo marido. O crime foi motivado por uma discussão de futebol, já que Érica era torcedora do Palmeiras e o empresário Leonardo Souza Ceschini, marido dele, é corintiano

O sogro da vítima, Alexandre Estevam Ceschini, teria levado o carro dela, duas TVs, um micro-ondas, eletroeletrônicos e joias, durante o enterro de Érica, no dia 1º de fevereiro. A família de Leonardo não teria ido ao enterro e velório.

De acordo com o boletim de ocorrência, além do sogro de Érica, outras pessoas levaram os bens que estavam dentro do apartamento onde o casal morava com os filhos gêmeos de 2 anos. Os meninos estão provisoriamente com os avós maternos.

A irmã da vítima, foi a primeira a perceber a ausência do carro de Érika, quando foi à casa após o sepultamento. Ela chegou a filmar a casa sem os televisores e outros objetos levados. Até o celular da vítima e documentos das crianças foram furtados por uma mulher que seria advogada da família do marido, segundo a polícia. 

Crime

O caso ocorreu no apartamento do casal, em São Paulo, no dia 31 de janeiro, um dia após a vitória do Palmeiras, na Libertadores. Leonardo foi preso em flagrante por homicídio doloso e está em hospital tratando ferimentos, sob custódia da polícia. A faca que ele usou foi apreendida. 

Mais Lidas