consultório do rádio livre

Pouco mais de 11% da população idosa de Caruaru foi vacinada contra a Covid-19

O secretário de Saúde disse que, desde o início da pandemia, tem sido monitorado a circulação do coronavírus nos bairros da cidade.

Vanessa Novak
Vanessa Novak
Publicado em 17/02/2021 às 16:34
NOTÍCIA
Rádio Jornal Caruaru
FOTO: Rádio Jornal Caruaru
Leitura:

Nesta quarta-feira (17), o programa Consultório do Rádio Livre, da Rádio Jornal Caruaru, trouxe uma atualização dos números da vacinação contra a Covid-19 na Capital do Agreste. A apresentadora Aline Souza recebeu o secretário de Saúde de Caruaru, Breno Feitoza, que esclareceu assuntos importantes como, por exemplo, o número de doses recebidas pelo município e o intervalo entre a primeira e a segunda dose de cada imunizante.

Caruaru, assim como os demais municípios pernambucanos, recebeu doses da CoronaVac, vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac e produzida no Brasil pelo Instituto Butantan, e da AstraZeneca, desenvolvida pelo laboratório AstraZaneca e a Universidade de Oxford, na Inglaterra, e produzida no Brasil pela Fiocruz.

Doses recebidas no município

O secretário, durante a entrevista, disse que, até o momento, chegaram 12.740 doses dos imunizantes e que é necessário duas doses do mesmo imunizante para cada pessoa, tanto no caso da CoronaVac como no caso da AstraZeneca. Ele disse ainda que o tempo de espera para a administração da segunda dose é de duas a quatro semanas para a vacina do Butantan/Sinovac e de até três meses para a da Fiocruz/ Oxford.

Ele disse também que Caruaru tem uma população idosa de 25 mil pessoas e que o município tem um total de mais de 400 mil pessoas. Assim, para imunizar toda a população, seria necessário mais 800 mil doses das vacinas. Até a última terça-feira (16), foram aplicadas 7.762 doses, das quais, pelo menos, 2.800 foram em idosos. O secretário disse também que não houve nenhum caso de reação adversa grave relacionada as vacinas contra a Covid-19, em Caruaru.

Breno Feitoza disse que o município, bem como todo o país, está na primeira etapa da imunização e que a expectativa de melhora no ritmo de recebimento e aplicação das doses é que acontece a partir do mês de julho. Por causa da promessa de entrega de grandes lotes de vacinas por parte do Butantan e da Fiocruz.

Dos grupos preconizados pelo Ministério da Saúde, Caruaru está imunizando os trabalhadores da saúde e os idosos com idade de 85+. No município, os idosos estão sendo vacinados por meio de agendamento, através do número 0800-2817080.

Testes e aumento de casos

O secretário disse que Caruaru vai iniciar a testagem sorológica para o novo coronavírus nas feiras dos bairros, para ampliar os resultados do mapeamento do comportamento do vírus na cidade. Ele também já alertou para o provável crescimento do número de casos de covid-19, em Pernambuco, por causa das aglomerações que promovidas, principalmente em praias, no período de carnaval.

Mais Lidas