Política

Deputado preso, Daniel Silveira, diz que só aceita dois meses de suspensão do seu mandato

Recado foi direcionado ao presidente da Câmara, Arthur Lira.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 18/02/2021 às 14:42
NOTÍCIA
Vinicius Loures/Câmara dos Deputados
FOTO: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados
Leitura:

O deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) preso na carceragem da Polícia Federal no Rio de Janeiro, mandou um recado por meio de dois colegas que foram visitá-lo nesta quarta-feira (17). A mensagem foi direcionada ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), dizendo que só aceita, no máximo, dois meses de suspensão do seu mandato.

Preso, deputado Daniel Silveira (PSL) diz que STF não vai ganhar "quebra de braço"

Silveira se mostrou descontente ao descobrir que o comando da Câmara considerou gravíssima a atitude dele ao divulgar um vídeo com ameaças ao membros do Supremo Tribunal Federal (STF). Os parlamentares, inclusive, se sentem na obrigação de dar uma resposta a corte do STF.

Tal insatisfação pode culminar com a punição do deputado pelo Conselho de Ética da Casa. O que Silveira respondeu com o ultimato de que aceita apenas dois meses de suspensão do seu mandato.

A opinião dele, no entanto não é a maior preocupação da Câmara neste momento, a prioridade é resolver o 'problema' de forma pacífica e sem maiores desgastes.

Daniel Silveira chegou ao Congresso levado pela onda Bolsonaro, que em  2018 transformou o PSL na segunda maior bancada da Câmara. O parlamentar é ex-soldado da Polícia Militar, com 60 transgressões disciplinares no currículo. 

Relembre o caso

Daniel Silveira foi preso após publicar um vídeo no Youtube com apologia ao Ato Institucional 5 (AI-5) e discurso de ódio em que ataca os ministros da corte e pede o fechamento do STF. 

Na tarde desta quarta-feira (17), o plenário do Supremo decidiu manter a prisão, por unanimidade, do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ). Os 11 ministros do Tribunal votaram a favor da manutenção da prisão de Silveira.

Mais Lidas