decreto

Cerca de 1,7 mil policiais devem garantir cumprimento das medidas restritivas no Agreste e Sertão

Os policiais atuarão em 63 municípios pernambucanos até o dia 10 de março.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 26/02/2021 às 13:19
NOTÍCIA
LUISI MARQUES/JC IMAGEM
FOTO: LUISI MARQUES/JC IMAGEM
Leitura:

Um efetivo policial será enviado aos 63 municípios do Agreste e Sertão que a partir desta sexta-feira (26) devem cumprir a determinação do Governo de Pernambuco que prevê medidas restritivas no combate à Covid-19 até o dia 10 de março. De acordo com o decreto, estão suspensas as  atividades econômicas e sociais não essenciais em três regiões do Estado. No total, serão enviados 1.690 policiais.

> Medidas restritivas do Governo de Pernambuco começam a valer nesta sexta (26) no Agreste e Sertão

De acordo com o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Antônio de Pádua, o plano de fiscalização sanitária é realizado em parceria com as gestões municipais e contará com o reforço de bombeiros e policiais militares e policias civis. "Existe uma previsão no decreto de restrição de horário no funcionamento dos estabelecimentos, então nosso objetivo é fazer a fiscalização juntamente com o poder público e municipal local", informou o secretário.

Entenda quais são os serviços essenciais que podem funcionar em Pernambuco a partir do novo decreto

O secretário reforçou que as pessoas que descumprirem o decreto serão punidas. "Estaremos fiscalizando os restaurantes e os bares que estarão funcionando nos municípios e eventualmente em desacordo com o decreto poderão os proprietários ou responsáveis serem conduzidos para as delegacias em razão de descumprimento de medidas sanitárias obrigatórias", afirmou.

*Com informações do JC Online

Novo decreto 

O Governo de Pernambuco anunciou nesta sexta-feira (26), por meio de pronunciamento do governador Paulo Câmara (PSB), que a partir do próximo sábado (27) até o dia 10 de março estão proibidas todas as atividades que não são consideradas essenciais no período entre 22h e 5h. A decisão tem como objetivo reforçar as medidas de combate à Covid-19 no Estado. 

Apesar da nova determinação, o decreto que determinou medidas restritivas para 63 municípios do Agreste e Sertão continua válido. 

Mais Lidas