medidas restritivas

Governo de Pernambuco proíbe atividades não essenciais entre 22h e 5h em todo o Estado

Apesar da nova determinação, as medidas anunciadas para 63 municípios do Agreste e Sertão continuam válidas.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 26/02/2021 às 11:41
NOTÍCIA
Hélia Scheppa/SEI
FOTO: Hélia Scheppa/SEI
Leitura:

O Governo de Pernambuco anunciou nesta sexta-feira (26), por meio de pronunciamento do governador Paulo Câmara (PSB), que a partir do próximo sábado (27) até o dia 10 de março estão proibidas todas as atividades que não são consideradas essenciais no período entre 22h e 5h. A decisão tem como objetivo reforçar as medidas de combate à Covid-19 no Estado. 

Entenda quais são os serviços essenciais que podem funcionar em Pernambuco a partir do novo decreto

Em seu pronunciamento, o governador destacou que o Estado encontra-se com mais de 90% de ocupação dos leitos de UTI e que a fiscalização irá trabalhar para garantir o cumprimento das medidas em todo o território. “A polícia e os órgãos de fiscalização estarão nas ruas para observar o cumprimento desse novo decreto. Vamos monitorar os dados minuto a minuto neste fim de semana e, caso os índices permaneçam piorando, novas medidas restritivas podem ser anunciadas já no início da próxima semana”, advertiu Paulo Câmara.

Medidas no Agreste e Sertão

Apesar da nova determinação, o decreto que determinou medidas restritivas para 63 municípios do Agreste e Sertão continua válido. As restrições valem para as II, IV e IX Gerências Regionais de Saúde (Geres), com sedes em Limoeiro, Caruaru e Ouricuri.

Até o dia 10 de março, está vedado o exercício de atividades econômicas e sociais no período entre 20h e 5h, durante a semana, e das 17h até as 5h nos fins de semana. Além disso, foi anunciada a prorrogação da proibição de eventos por mais 15 dias e o retorno às aulas nas escolas públicas municipais também permanece suspenso até o dia 12 de março.

Suspensão das cirurgias eletivas e leitos

Em coletiva de imprensa realizada na última quinta-feira (25), o Governo de Pernambuco anunciou a suspensão das cirurgias eletivas nos municípios das II, IV e IX Geres. A medida começa a valer a partir de 1º e vai até o dia 12 de março.

Durante a coletiva, o secretário estadual de Saúde também informou que o Governo do Estado vai contratar 300 leitos de enfermaria, 150 leitos de UTI para adultos, além de 40 leitos de terapia intensiva pediátricos e neonatais. O edital para a contratação será publicado ainda esta semana no Diário Oficial e a contratação será por 90 dias, podendo ser prorrogada a depender da necessidade.

Governo de Pernambuco suspende cirurgias eletivas em 63 municípios do Agreste e Sertão

Ao todo, nos últimos meses, o Estado colocou em funcionamento mais de 200 leitos de UTI na rede estadual. Atualmente, a rede pública conta com 1.935 vagas, sendo 998 de terapia intensiva.

 Confira o pronunciamento completo

Mais Lidas