Pandemia

Idosos casados há 63 anos morrem de Covid-19 no mesmo dia

Casal já tinham tomado a primeira dose da vacina contra o coronavírus, mas testaram positivo para a doença.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 01/03/2021 às 14:55
NOTÍCIA
Arquivo da família
FOTO: Arquivo da família
Leitura:

Um casal de idosos morreu de Covid-19 no mesmo dia no interior do Rio Grande do Norte. Casados há 63 anos, João Cipriano de Araújo, de 95 anos, e Joana Elisia de Araújo, 86 anos, faleceram neste domingo (28), na casa onde moravam, em um intervalo de sete horas

De acordo com Jorgânia Medeiros, 27 anos, neta do casal, os idosos receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19, em 11 de fevereiro. No entanto, ambos começaram a sentir os sintomas da doença oito dias depois. Ele fizeram exames e no dia 24, foi confirmado o diagnóstico positivo para coronavírus.

Os médicos destacam que para a vacinação atingir a eficácia máxima, é preciso tomar as duas doses e respeite a 'janela imunológica', que é o período que o organismo leva para produzir os anticorpos do imunizante. O casal foi vacinado com a CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac e fabricada no Brasil pelo Instituto Butantan. Essa vacina tem eficácia geral de 50,38%, o que significa que o risco de pegar Covid-19 foi reduzido pela metade.

O casal não chegou a ser internado e morreu em casa, em São João do Sabugi, na região Seridó do estado. Conforme a neta, Joana faleceu às 4h e João, às 11h30. "A família está muito abalada, mas sabendo que eles foram para o repouso eterno. Só nos resta saudades", relatou. Sem velório, os corpos foram enterrados ainda no domingo. 

Mais Lidas