Covid-19

Pernambuco negocia compra da vacina russa Sputnik V

O governador Paulo Câmara irá se reunir com a diretora da farmacêutica responsável pela produção do imunizante no Brasil.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 01/03/2021 às 7:27
NOTÍCIA
Helia Scheppa/ SEI
FOTO: Helia Scheppa/ SEI
Leitura:

O governador Paulo Câmara (PSB) anunciou no último domingo (28) que participará de uma reunião na próxima terça-feira (2), em Brasília, para negociar a compra da vacina russa contra a Covid-19, Sputnik V, direto com a diretoria da farmacêutica União Química, que é responsável pela produção do imunizante no Brasil. 

Paulo Câmara irá se reunir em ação conjunta com o Fórum de Governadores do Brasil. Durante o anúncio, o governador destacou que o laboratório protocolou o pedido para uso emergencial de de 10 milhões na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A União Química informou que o imunizante será produzido nas fábricas de Brasília e Guarulhos.

A vacina tem origem russa e apresentou eficácia acima de 90% contra o novo coronavírus na última etapa de testes, segundo a Rússia.

Estados podem comprar a vacina?

Os Estados e municípios foram autorizados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a comprar vacinas mesmo sem o certificado da Anvisa caso as doses previstas no Plano Nacional de Imunização (PNI) não sejam suficientes. A medida foi autorizada pelo STF na última terça-feira (23).

Mais Lidas