Saúde

Saiba os principais mitos e verdades sobre a infertilidade

Samara Pontes conversou com o pós-doutor em embriologia Marcos Sampaio

Samara Pontes
Samara Pontes
Publicado em 24/02/2021 às 17:00
NOTÍCIA
Reprodução Internet
FOTO: Reprodução Internet
Leitura:

Mitos e verdades sobre a infertilidade foi o tema do Consultório dessa quarta-feira (24). A radialista Samara Pontes conversou por telefone com o ginecologista Marcos Sampaio. O profissional é pós-doutor em Embriologia e fertilização in vitro pela Universidade de Melbourne, na Austrália e tirou as principais dúvidas sobre o tema na Rádio Jornal Garanhuns.

Quando se fala em infertilidade é comum as pessoas associarem a um problema feminino, mas na verdade o termo correto é a infertilidade conjugal, já que o casal precisa ser investigado. "Será sempre uma infertilidade conjugal porque metade das causas da infertilidade são femininas e a outra metade masculinas. Não adianta focar só em um, já que para gerar uma vida é preciso dos dois. Essa culpa acaba gerando muitas brigas entre o casal, inclusive", detalhe o especialista.

As causas da infertilidade são diversas e a idade, por exemplo, é um fator importante. Em mulheres esse problema pode surgir mais cedo, já em homens a situação muda de figura. "No homem esse problema acontece de forma bem tardia. Teoricamente a partir dos 75 anos começa a diminuir a qualidade do sêmen no homem. O que observamos agora é que de uns anos pra cá houve uma diminuição na qualidade do sêmen e isso pode estar atrelado à fatores ambientais, mudanças nos hábitos, entre outros", pontua.

Durante a conversa, o ginecologista ainda ressaltou outras possíveis situações que podem causar infertilidade como obesidade e tratamentos oncológicos. Já com relação ao tratamento, Sampaio detalhou os procedimentos utilizados: "Muitas vezes só uma orientação reprodutiva já resolve o problema, até mesmo orientação psicológica. Em outros casos há a possibilidade da inseminação intrauterina ou até mesmo a fertilização in vitro". Alguns procedimentos estão disponíveis no SUS, mas existe uma lista de espera que pode atrapalhar o sonho de muitos. De qualquer forma é preciso tentar e procurar ajuda especializada o mais cedo possível.

Quais os mitos e verdades sobre a infertilidade? Confira entrevista completa

Mais Lidas