novas doses

Pernambuco recebe mais 102 mil doses da vacina contra a Covid-19

As novas doses são destinadas aos grupos prioritários,que são trabalhadores da área de saúde e idosos entre 80 e 84 anos.

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 03/03/2021 às 8:21
NOTÍCIA
HÉLIA SCHEPPA/SEI
FOTO: HÉLIA SCHEPPA/SEI
Leitura:

Pernambuco recebeu na madrugada desta quarta-feira (3) mais 102 mil doses da vacina contra a Covid-19, Coronavac, produzida pela farmacêutica Sinovac e pelo Instituto Butatan. As novas doses chegaram ao Aeroporto Internacional dos Guararapes. Ao todo, o Estado já recebeu 743.560 doses do Ministério da Saúde.

"Com a chegada desse novo lote e a distribuição rápida das vacinas para todas as regiões do Estado, continuamos consolidando a vacinação dos grupos prioritários. Pernambuco tem dado o exemplo, com um sistema que permite que as doses cheguem com agilidade aos municípios, para o atendimento à população”, destacou o governador Paulo Câmara.

As doses recebidas serão utilizadas para vacinar os grupos prioritários, que incluem trabalhadores da área de saúde e idosos entre 80 e 84 anos. A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) encaminhará os imunizantes para as 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres) ainda na manhã desta quarta-feira.

“Reforço que a distribuição é feita de forma igualitária entre as cidades, levando em consideração a população de cada grupo prioritário que já está sendo beneficiado com a campanha”, declarou o secretário Estadual de Saúde, André Longo.

Pessoas vacinadas no Estado

Até a última terça-feira (2), foram aplicadas 431.804 doses da vacina contra a Covid-19, das quais 317.513 foram primeiras doses. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 159.246 trabalhadores de saúde; 23.982 povos indígenas aldeados; 5.587 idosos em Instituições de Longa Permanência; 9.964 idosos de 75 a 79 anos; 38.344 idosos de 80 a 84 anos; 79.538 idosos a partir de 85 anos; além de 852 pessoas com deficiência institucionalizadas.

Em relação à segunda dose, já foram beneficiados 87.490 trabalhadores de saúde; 22.193 povos indígenas aldeados; 4.077 idosos institucionalizados; 33 idosos a partir de 85 anos e 498 pessoas com deficiência institucionalizadas; totalizando 114.291 pessoas que já finalizaram o esquema.

*Com informações do JC Online

Mais Lidas