Economia

1ª parcela do auxílio emergencial pode ser maior para compensar janeiro e fevereiro; segundo governador do Piauí

Pagamento do benefício pode começar em março

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 05/03/2021 às 8:09
NOTÍCIA
Bruno Campos/ JC Imagem
FOTO: Bruno Campos/ JC Imagem
Leitura:

O governador do estado do Piauí, Wellington Dias (PT), disse que a primeira parcela do auxílio emergencial deste ano pode ter valor maior para compensar o não pagamento do benefício nos meses de janeiro e fevereiro.

De acordo com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), o governo deve fazer o primeiro depósito ainda neste mês de março. Lira informou que a liberação foi discutida com o presidente da República, Jair Bolsonaro, em um jantar no último domingo (28).

Segundo a IstoÉ, Wellington Dias disse que “ficou um vazio” com a ausência do auxílio emergencial no começo do ano. Conforme ele, a ideia é que a primeira parcela seja mais alta que as demais.

> Auxílio emergencial será de R$ 175, R$ 250 e R$ 375; veja quanto cada pessoa vai receber

> Novo auxílio emergencial: mulheres chefes de família vão receber R$ 375

Calendário do auxílio emergencial 2021

O presidente da Câmara dos Deputados disse que a expectativa é de que a primeira parcela seja depositada no próximo dia 18 de março. O calendário para depósito do benefício deve se basear nas datar utilizadas para pagamento do Bolsa Família.

No entanto, o governo não informou ainda se todas as pessoas vão receber no mesmo dia ou se serão liberados blocos de pagamento.

Valores

Além dos valores de R$ 250 previstos para a maior parte dos beneficiados, haverá outras duas cotas do novo auxílio emergencial. Uma será de R$ 175, para pessoas sozinhas (unifamiliar), e a outra será de R$ 375, para as mulheres chefes de família (monoparentais).

Mais Lidas