no agreste

O poder da renascença: empresa pernambucana gera sustento para mais de cinco mil famílias

A Noemy preserva e reinventa a tradição da renda de renascença no Brasil.

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 08/03/2021 às 16:59
NOTÍCIA
Divulgação/Lenice Queiroga
FOTO: Divulgação/Lenice Queiroga
Leitura:

A Noemy é uma empresa familiar que preserva e reinventa a tradição da renda de renascença. A marca foi fundada em 1989 em Poção, no Agreste de Pernambuco, e tem origem na história de uma mãe em busca do sustento da própria família.

A arte de fazer renda de renascença na Noemy é herança de Maria Aparecida, filha de Teodora Maria da Conceição e Manoel Gomes, índios da tribo Xucuro de Ororubá. A empresa leva o mesmo nome de sua neta e cresce a cada dia como uma das principais fabricantes do lacê.

Maria Aparecida, que é a dona do negócio, contou em entrevista à TV Jornal Interior, para a série "Elas têm a resposta", que a empresa começou ainda muito pequena em um período de bastante dificuldade financeira. Ela começou sozinha, vendendo peças simples que ela mesma produzia. Depois expandiu para uma pequena loja e hoje tem um grande estabelecimento no centro da cidade, que conta com loja e fábrica.

"Se você faz por amor, com força e determinação você consegue qualquer coisa. Porque eu acho que ninguém na vida pode ter sido mais pobre do que a gente, ninguém. A gente não tinha nada" detalhou.

Atualmente, a Noemy conta com dois sócios e participação de vários familiares, além de 120 funcionários, o que gera emprego e renda para moradores do município e de cidades vizinhas, além da exportação de peças e matéria-prima para todo o país. "É uma responsabilidade e tanto, porque não é só a parte que é possível ver, na fábrica, mas tem toda uma estrutura por trás. São cinco mil famílias que a empresa sustenta", diz Noemy Rutty, filha de Maria Aparecida.

Confira a reportagem completa

Mais Lidas