Empreendedorismo

Mesmo após ser diagnosticada com esclerose múltipla, empresária amplia negócios no setor de joias e acessórios

Paula Costa descobriu a doença no ano passado, mas não desistiu do sonho

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 09/03/2021 às 16:39
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

Na semana do Dia Internacional da Mulher, a TV Jornal Interior está contando a história de várias mulheres empreendedoras. Um delas é a empresária Paula Costa, sonhadora, que vai à luta e está sempre em busca de ampliar os negócios. Ela apostou que 2020 seria seu ano, mas no segundo semestre, após ter paralisado um lado do corpo, foi diagnosticada esclerose múltipla, uma doença autoimune e sem cura.

"Sou uma pessoa extremamente acelerada. Não consigo ver as coisas acontecerem. Eu trabalhava exarcebadamente, até que eu descobri uma doença autoimune em agosto do ano passado que mudou totalmente a minha vida", contou ela.

Apesar do momento difícil e ter a fé abalada, Paula disse que agradece todos os dias só por estar viva. "Parecia que meu mundo tinha acabado, eu comecei a questionar a minha fé. Foi quando passei por todo esse processo de evolução. Hoje minha fé só aumentou. Ao acordar, só de abrir o olho, ver que estou viva, enxergando, eu já começo o dia agradecendo", diz.

Mesmo com o diagnóstico, 2020 foi sim o ano dela e, no ano passado, ela inaugurou mais uma loja e continuou crescendo no ramo de maquiagens, joias e acessórios. Sua história com o empreendedorismo começou com sua família, há 40 anos, no centro da cidade. Agora, com duas lojas voltadas para a confecção de joias, mãe e filha seguem satisfazendo os clientes.

De acordo com Paula, o segredo do sucesso é fazer as coisas com amor, da melhor maneira possível: "O que você fizer, faça bem feito, faça com amor. Não adianta a gente viver só pensando em ganhar dinheiro e viver insatisfeito com o que você faz. Faça com amor para fazer a diferença no mundo".

Veja a reportagem:

Mais Lidas