Investigação

Homem é preso suspeito de estuprar três crianças e uma jovem no Grande Recife

Duas das meninas são enteadas do suspeito, a mãe delas está proibida de se aproximar e tentar contato com as vítimas.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 10/03/2021 às 13:45
NOTÍCIA
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

Um homem de 42 anos foi preso nesta terça-feira (9), em Moreno, no Grande Recife, por suspeita de estuprar três crianças de 9, 10 e 11 anos, além de uma jovem de 18 anos, portadora de deficiências física e intelectual. De acordo com a Polícia Civil, o cumprimento do mandado de prisão se deu após denúncias.

Jovem é suspeito de matar idoso que tentou estuprá-lo no Agreste

As crianças de 10 e 11 anos são enteadas do homem e moravam com ele e a esposa. A menina de 9 anos é irmã das outras duas e a jovem de 18 anos sobrinha da companheira do suspeito. Ambas frequentavam a casa do casal. A polícia acredita que a violência sexual contra as vítimas começou em 2019.

De acordo com a delegada Vilaneida, as vítimas falaram que os abusos aconteciam durante a noite e madrugada. "Pelos relatos das vítimas, os abusos aconteciam no período da noite. Elas informam que ele praticava a violência quando a mãe estava dormindo à noite e durante a madrugada", disse a delegada.

A delegada informou ainda que a jovem de 18 anos é deficiente e não consegue se comunicar, por isso, ainda não foi possível entende o que aconteceu com ela. 

Investigação

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela Segunda Vara Criminal de Jaboatão dos Guararapes. O homem foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, onde aguarda julgamento.

A mãe das crianças, de 40 anos, também está sendo investigada, já que os abusos aconteciam na casa onde moravam. Ela está proibida de se aproximar e tentar contato com as vítimas.

"Diante de alguns elementos, a mãe também está sendo investigada, porque há relatos de que as vítimas já contaram a ela e ela disse tratar-se de outro problema, como se não tivesse dado muita atenção aos fatos. Na ocasião elas relataram alguns problemas físicos nas partes íntimas, mas a mulher não teria dado atenção", falou a delegada.

Mais Lidas