elas têm a resposta

Referência em moda e tratamento de cabelos crespos: jovens empreendedoras são inspiração para mulheres

'Elly Jeans' e 'Maju Cachos' se destacam como empreendedoras mulheres que investem em seus sonhos.

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 10/03/2021 às 16:20
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

Empreender em um mercado competitivo não é fácil, ainda mais quando se é mulher e jovem. Apesar disso, empreendedoras têm se destacado em seus segmentos pela excelência no trabalho e nos serviços oferecidos. Em mais um episódio da série de reportagens "Elas têm a resposta", da TV Jornal Interior, as empresárias responsáveis pela "Elly Jeans" e "Maju Cachos" contaram sobre seus desafios e o que as inspira a empreender.

Elly Jeans

A empresária Rafaelly Cavalcante é proprietária da Elly Jeans, que fica em Toritama, no Agreste. Filha de profissionais da educação, aos 13 anos, ela dava aula de reforço escolar e foi auxiliar de uma professora.

Aos 16 anos, Rafaelly começou a trabalhar em uma loja de roupas em um estabelecimento que lhe ofereceu o primeiro contrato de trabalho. De vendedora, ela passou a atendente de caixa e depois gerente. Com o passar do tempo, ela foi alimentando o sonho de ter sua própria marca de roupas, onde pudesse criar e desenvolver um estilo próprio e autêntico no mundo da moda.

Foi em 2011 que Rafaelly deu o primeiro passo e abriu seu empreendimento com o dinheiro de algumas economias com foco na produção de peças jeans. Em 2015, mudou o negócio para uma loja maior e em 2016 lançou uma nova linha de produtos. Já em 2018, a empresária inaugurou uma "super loja".

"Me sinto muito feliz e honrada em poder trazer o meu estilo, a minha própria identidade, para as minhas peças e oferecer a todas as mulheres do Brasil personalidade e um estilo totalmente diferenciado", destaca Rafaelly.

Maju Cachos

De acordo com o Sebrae, de 2015 a 2019 houve um aumento de 18% da quantidade de empreendimentos geridos por mulheres. Apesar disso, o índice de mulheres negras donas do próprio negócio ainda é baixo, são apenas 21%, contra 42% de mulheres brancas.

Apesar das dificuldades, a empresária Maria Júlia se destaca quando o assunto é beleza e empoderamento. A proprietária da 'Maju Cachos' começou a empreender aos 16 anos, quando iniciou sua transição capilar. Ela postava vídeos no Instagram e várias meninas pediam dicas sobre como cuidar do cabelo natural.

Maju tem um salão especializado em cuidados de cabelos cacheados em Caruaru. Hoje, ela tem o prórpio espaço, que foi conquistado com muito esfoço, e é considerado o único no segmento na região.

Além de atender as clientes, o salão também oferece produtos desenvolvidos por Maju. Uma linha de cosméticos voltada especialmente para o tratamento de cabelos crespos. "Eu acho que é importante mostrar à mulher que ela tem uma beleza e que o cabelo bonito não precisa ser só liso. Assim é mostrada a diversidade de cada uma, porque cada uma tem sua beleza particular", destacou Maju.

Confira a reportagem completa

Mais Lidas