Estudo científico

Vacina da Pfizer tem 97% de eficácia em casos sintomáticos de Covid-19

Imunizante também apresentou eficácia de 94% nos casos de assintomáticos.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 11/03/2021 às 17:29
NOTÍCIA
Reprodução/NE10 Interior
FOTO: Reprodução/NE10 Interior
Leitura:

Segundo um estudo desenvolvido em Israel e publicado nesta quinta-feira (11), a vacina da Pfizer/BioNTech tem eficácia de 97% contra casos sintomáticos e formas graves da Covid-19. Em relação aos casos assintomáticas do vírus, o imunizante teve eficácia de 94%.

"Os resultados representam as provas concretas mais completas até o momento que demonstram a eficácia de uma vacina contra a Covid-19", diz o comunicado dos laboratórios Pfizer/BioNTech e do ministério da saúde de Israel.

As conclusões melhoram os resultados de um estudo anterior desenvolvido com pessoas vacinadas em Israel, que mostraram uma eficácia de 94% da vacina da Pfizer contra os casos sintomáticos de Covid-19.

Os novos resultados "podem ser importantes para todos os países do mundo à medida que avançam suas próprias campanhas de vacinação um ano depois de a Organização Mundial da Saúde (OMS) ter anunciado que a Covid-19 era uma pandemia", acrescentaram Pfizer/BioNTech.

Um estudo publicado na revista The Lancet, em fevereiro, mostrou que a vacina da Pfizer/BioNTech reduziu em 75% a transmissão do coronavírus menos de um mês após a aplicação da primeira dose. A pesquisa também afirmou que o imunizante reduziu em 85% os casos sintomáticos da doença.

Os pesquisadores destacam que os resultados abrem margem para a possibilidade de adiar a segunda dose, em um cenário de escassez de vacinas.

Mais Lidas