agreste

Feirantes do Polo de Confecções do Agreste vão comercializar via delivery durante quarentena

Os representantes de Caruaru, Toritama e Santa Cruz do Capibaribe chegaram à definição em comum acordo.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 16/03/2021 às 12:02
NOTÍCIA
Divulgação/Prefeitura de Caruaru
FOTO: Divulgação/Prefeitura de Caruaru
Leitura:

Representantes do Polo de Confecções do Agreste se reuniram para definir como será realizada a comercialização dos produtos durante o período de quarentena estabelecido pelo Governo de Pernambuco, que vai de 18 a 28 de março de 2021. Nesta terça-feira (16), foi divulgado que os comerciantes das cidades de Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Toritama vão fazer negócios via delivery.

Feiras do Polo de Confecções do Agreste serão suspensas durante quarentena mais rígida em Pernambuco

De acordo com a nota publicada pelos representantes dos municípios, as feiras no formato delivery serão realizadas na próxima segunda-feira (22) e cada município deverá adotar um sistema próprio para entrega das mercadorias. Esta comercialização deve seguir todos os protocolos sanitários de prevenção à Covid-19.

Suspensão das feiras

As medidas anunciadas pelo governados Paulo Câmara (PSB) na última segunda-feira impactam no funcionamento das feiras do Polo de Confecções do Agreste, em Caruaru, Toritama e Santa Cruz do Capibaribe. De acordo com o que foi anunciado pelo governador, as atividades devem ser suspensas por se enquadrarem como atividades econômicas não essenciais, a exemplo do que ocorreu em 2020, quando este mesmo setor precisou suspender a comercialização de forma presencial.

Confira o que está proibido:

- bares e restaurantes; 
- shoppings e galerias comerciais; 
- óticas; 
- salas de cinema e teatros; 
- academias; 
- salão de beleza e similares; 
- comércio varejista de vestuário, calçados, eletroeletrônicos e linha branca, cama, mesa e banho e produtos de armarinho; 
- escolas e universidades (públicas e privadas); 
- clubes sociais , esportivos e agremiações; 
- práticas e competições esportivas; 
- praias, parques e praças; 
- ciclofaixas de lazer, eventos culturais e de lazer, além dos sociais.

Mais Lidas