agreste

Deputado Erick Lessa defende flexibilização das feiras do Polo de Confecções do Agreste

"Como é que essas pessoas vão sobreviver?", disse Lessa em entrevista à Rádio Jornal.

Berg Santos
Berg Santos
Publicado em 17/03/2021 às 16:39
NOTÍCIA
Reprodução/Rádio Jornal
FOTO: Reprodução/Rádio Jornal
Leitura:

Durante entrevista no programa Além da Notícia, da Rádio Jornal de Caruaru, nesta quarta-feira (17) o Deputado Estadual, Delegado Erick Lessa (PP) defendeu uma flexibilização das feiras do Polo de Confecções do Agreste, durante a quarenta imposta estabelecida pelo Governo do Estado a partir desta quinta-feira (18). Segundo o Deputado é urgente cuidar da saúde, mas também é urgente cuidar da economia.

“A gente tem compreendido a pressão que o sistema de saúde tem sofrido, entretanto a gente tem que entender que as pessoas precisam sobreviver. Se não tem um auxílio emergencial […] como é que essas pessoas vão sobreviver? É claro que elas precisam comercializar. […] Eu estive no palácio tratando do polo de confecções […] e o que foi me passado é que a gente vai ter apenas a próxima segunda-feira (22) do que diz respeito à essas restrições”, destacou o Deputado.

O parlamentar também teceu críticas a Prefeita Raquel Lyra (PSDB) pela falta de estimulo aos sulanqueiros. Para Lessa faltam incentivos por parte da gestão municipal e um punho mais forte nas decisões tomadas pela gestão municipal. “O Delivery Sulanca é uma alternativa mínima, e mais do que isso, muito pouco estimulado pelo poder público municipal. E eu não estou aqui absolutamente falando de questão política, a política passou, nós precisamos todos darmos as mãos e atender as demandas da população”, disse o Deputado.

Sobre as eleições de 2022 o Deputado Delegado Erick Lessa disse que esse não é o momento de se falar em reeleição, e sim de se ter um foco total no combate contra a Covid-19 no Estado de Pernambuco.

Confira a entrevista completa

Mais Lidas