quarentena

Feira livre registra grande movimentação em primeiro dia da quarentena em Garanhuns

A comercialização em feiras de alimentos não foi suspensa com o decreto do Governo de Pernambuco que começa a valer nesta quinta-feira (18).

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 18/03/2021 às 8:39
NOTÍCIA
Reprodução/Rádio Jornal Garanhuns
FOTO: Reprodução/Rádio Jornal Garanhuns
Leitura:

A partir desta quinta-feira (18), começa a valer o decreto do Governo de Pernambuco que determina a suspensão do funcionamento de atividades econômicas e sociais consideradas não essenciais. A medida é válida até o dia 28 de março. Neste primeiro dia de medidas mais restritivas, a cidade de Garanhuns, no Agreste, registrou uma grande movimentação de pessoas na feira livre localizada no bairro Heliópolis.

Saiba o que pode e o que não pode funcionar durante quarentena mais rígida em Pernambuco

O funcionamento das feiras livres de alimento não é proibido, por ser considerada uma atividade essencial. No entanto, é fundamental que as pessoas redobrem os cuidados. Em outros pontos da cidade, foi registrada pouca movimentação nas primeiras horas da manhã. As lojas do comércio local estavam de portas fechadas e havia pouca circulação de carros.

Confira o que está proibido:

- bares e restaurantes; 
- shoppings e galerias comerciais; 
- óticas; 
- salas de cinema e teatros; 
- academias; 
- salão de beleza e similares; 
- comércio varejista de vestuário, calçados, eletroeletrônicos e linha branca, cama, mesa e banho e produtos de armarinho; 
- escolas e universidades (públicas e privadas); 
- clubes sociais , esportivos e agremiações; 
- práticas e competições esportivas; 
- praias, parques e praças; 
- ciclofaixas de lazer, eventos culturais e de lazer, além dos sociais.

Mais Lidas