Fábricas

Pandemia: Mercedes-Benz paralisa produção nas fábricas do Brasil

A medida atende ao pedido dos sindicatos de trabalhadores para reduzir a circulação de pessoas.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 24/03/2021 às 13:38
NOTÍCIA
Divulgação
FOTO: Divulgação
Leitura:

A Mercedes-Benz anunciou nesta terça-feira (23), que vai paralisar a sua produção nas fábricas de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, e de Juiz de Fora (MG) por causa do agravamento da pandemia de Covid-19 no Brasil. A princípio, a paralisação ocorrerá por apenas uma semana.

O grupo emprega 10 mil funcionários, desses, 7 mil ficarão em casa. A paralisação começa na sexta-feira, com retorno parcial em 5 de abril, após o feriado da Páscoa. Depois, a empresa pretende conceder férias coletivas para grupos alternados de funcionários. O intuito é manter a segurança do ambiente de trabalho em relação a Covid-19.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, cada grupo, com cerca de 1,2 mil trabalhadores, ficará fora da fábrica por 12 dias. O revezamento poderá se estender até o fim de maio. 

A montadora é a quarta empresa do setor a tomar a decisão de parar a produção até o fim do feriado. A Volkswagen (quatro fábricas), a Scania e a Volvo, com uma planta cada também optaram pela paralização até o fim do feriado. 

De acordo com a empresa, a decisão foi tomada em alinhamento com o sindicato para contribuir com a redução de circulação de pessoas durante o agravamento da pandemia no país, além de atender à antecipação de feriados adotada pelas autoridades municipais.

Mais Lidas