Vacinação

Bolsonaro admite possibilidade de se vacinar contra a Covid-19

Presidente mudou o tom após negar diversas vezes que tomaria o imunizante.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 26/03/2021 às 16:06
NOTÍCIA
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) admitiu a possibilidade de se vacinar contra a Covid-19. A informação é da coluna do jornalista Guilherme Amado, da Época. Ele já havia declarado publicamente, diversas vezes, que não se vacinaria.

 Desde que as vacinas começaram a ser produzidas, Bolsonaro afirmou que somente "imbecil" ou "idiota" o criticaria por não querer se vacinar. Apesar de estar relutante, presidente consultou pessoas próximas que o incentivaram a se vacinar. Auxiliares acreditam que isso ajudaria a reforçar o discurso de que Bolsonaro apoia a imunização em massa.

Com 65 anos, ele vai esperar que a idade dele seja o público alvo da campanha para ser imunizado. No próximo dia 21, Bolsonaro completa 66 anos. No Distrito Federal, a previsão é que a vacinação de pessoas entre 72 e 73 anos comece na próxima quinta-feira (18).

Bolsonaro questionou a confiabilidade e a segurança da CoronaVac, vacina produzida pelo Instituto Butantan. Teoricamente, os pacientes não podem escolher qual vacina tomar e o imunizante do Butantan é o que está sendo distribuído em maior escala. 

Mãe do presidente foi vacinada

A mãe do presidente Jair Bolsonaro, dona Olinda, de 93 anos, foi vacinada na cidade de Eldorado, interior de São Paulo. O presidente afirmou que a carteira de vacinação original continha a informação de que ela tinha sido imunizada com uma dose da Oxford/AstraZeneca. O enfermeiro responsável, no entanto, teria retornado posteriormente à casa de Olinda com um novo documento, informando que a vacina aplicada havia sido a CoronaVac.

Mais Lidas