Famosos

Xuxa se desculpa após defender testes de vacinas e remédios em presidiários

Declaração ocorreu durante uma live sobre proteção dos animais.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 27/03/2021 às 11:56
NOTÍCIA
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

Em uma live no Instagram da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) sobre direitos dos animais, Xuxa Meneghel defendeu que produtos como cosméticos e remédios sejam testados em prisioneiros, ao invés de animais. Após a declaração a rainha dos baixinhos recebeu uma enxurrada de críticas nas redes sociais.

O tema da conversa da Alerj era a proteção dos animais. Xuxa é adepta do veganismo e defende que os animais não sejam usados em testes. "Eu tenho um pensamento que pode parecer muito ruim para as pessoas, desumano... Na minha opinião, existem muitas pessoas que fizeram muitas, muitas coisas erradas e estão aí pagando pelos seus erros num ad eternum, para sempre em prisões. Poderiam ajudar nesses casos", disse na ocasião.

Ela então acrescentou: "Pelo menos serviriam para alguma coisa antes de morrer, para ajudar a salvar vidas. Aí vem o pessoal dos Direitos Humanos e dizer que não podem ser usados. Mas se são pessoas que está provado que vão viver 60 anos na cadeia, 50 anos na cadeia e que vão morrer lá, acho que poderiam usar ao menos um pouco da vidas delas para ajudar outras pessoas. Provando remédios, vacinas, provando tudo nessas pessoas para ver se funciona”, falou.

A transmissão não consta mais no perfil da Alerj no Instagram, mas o trecho foi salvo e publicado por internautas nas redes sociais. Na madrugada desde sábado (27), a apresentadora publicou um vídeo em seu perfil no Instagram se desculpando por ter sugerido que vacinas e remédios sejam testados em presidiários. “Eu errei e estou aqui pedindo desculpas, pensei uma coisa, pensei muitas coisas, quis falar sobre muitos assuntos e não fugir do assunto que era o assuntos dos animais”.

Xuxa declarou que, em sua fala, julgou, maltratou e usou palavras que não deveriam ter sido usadas. Xuxa afirmou que não se referiu a presidiários negros ou quis debater questões de desigualdades. “Eu sei que temos realmente muitas falhas no Brasil e uma delas é essa [no sistema prisional]. Quem sou eu para dizer que essas pessoas devem ficar ali e morrer ali? Se eu faço isso, estou sendo ruim tanto quanto as outras pessoas que maltratam outras vidas e não deveriam fazer isso”, disse.

Veja

 

Mais Lidas