Economia

Páscoa: 19% dos brasileiros não pretendem comprar chocolates em 2021

Segundo pesquisa, houve uma queda de 10,5 milhões de compradores.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 31/03/2021 às 17:05
NOTÍCIA
Adriano Gadini/Pixabay
FOTO: Adriano Gadini/Pixabay
Leitura:

Com a pandemia abalando a economia do Brasil desde o ano passado, houve uma queda no número de brasileiros dispostos a ir às compras para a Páscoa de 2021. De acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 19% dos consumidores não devem comprar presentes e chocolates esse ano.

Ainda assim, 64% já se prepararam para a aquisição e 16% ainda não se decidiram. Dessa forma, o estudo mostra uma queda de 10,5 milhões de compradores para a data, em comparação com 2019. Entre os decididos a continuar comprando os doces, 57% pretendem investir em ovos de chocolate industrializados; 43% em bombons/caixas de chocolate; 40% em ovos caseiros artesanais e 30% em barras de chocolate.

Motivos para as compras:
35% – Gostar de chocolate ou presentear alguém que gosta;
28% – Ser uma tradição da qual gostam de participar;
24% – Tem o costume de presentear as pessoas que gostam.

Motivos para não comprar: 
38,5% – Tem que priorizar pagamento de dívidas;
35,7% – Está desempregado;
18,8% – Não tem costume; 
16,2% – Tem outras prioridades de compra; 
10,1% – Vão economizar para o almoço de Páscoa; 
8,3% – Tiveram redução salarial;
5,5% – Estão distantes das pessoas que poderia presentear;
3,8% – Tem problemas de saúde;
1,8% –Vão economizar para a viagem do feriado;
3,3% – Outros.

Estes consumidores devem gastar, em média, R$ 209 com as compras para a data comemorativa. Parte destes devem realizar o pagamento parcelado, em até 4 vezes. Com a pandemia, os comerciantes estão se preparando para as vendas online.

Mais Lidas