Sequelas

Cirurgia para restaurar olfato após Covid será testada em hospital público

Primeira leva de testes deve ser iniciada já em abril

Antonio Virginio Neto
Antonio Virginio Neto
Publicado em 02/04/2021 às 14:31
NOTÍCIA
Freepik/Divulgação
FOTO: Freepik/Divulgação
Leitura:

Um dos sintomas mais relatados por pacientes da Covid-19 é a perda do olfato, que reduz significativamente a qualidade de vida. Aos poucos, a anastomia, nome dado a essa condição, é tratada com fisioterapia e medicações mas não são em todos os casos que a reversão atinge os 100%.

Isso foi o que levou o médico Ronaldo Carvalho Jr. a pensar em outras formas de ajudar na recuperação desses pacientes. Ele é professor do Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS) e agora vai testar uma técnica cirúrgica para restaurar olfato após covid.

O programa deve iniciar os testes com a primeira leva de voluntários já em abril. O chefe do departamento de cabeça e pescoço do HU-UFS disse que os cinco primeiros têm interesse em fazer a cirurgia nesta fase experimental e que o hospital faz parte da rede Ebserh / MEC, que é de 40 hospitais universitários federais administrados pela Ebserh / Rede MEC Empresa brasileira de serviços hospitalares vinculada ao Ministério da Educação.

A cirurgia

A base da operação proposta é o conhecimento de que a operação foi concluída com êxito para insônia causada por outros motivos.

O objetivo da cirurgia é transferir para a área da mucosa nasal onde novos nervos morreram, por isso é o nome técnico para transferência de nervo. Para isso, os especialistas farão uma busca nas pernas do paciente em busca de nervos que possam ser transplantados para o rosto.

Mais Lidas