menu

“PSB em Pernambuco gosta do tipo de política do faz de conta”, declara ex-ministro Mendonça Filho na Rádio Jornal Caruaru

Confira a entrevista completa

Mendonça Filho concedeu entrevista à Rádio Jornal Caruaru
Mendonça Filho concedeu entrevista à Rádio Jornal Caruaru (arquivo/JC Imagem)

O ex-Ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM) concedeu entrevista nesta segunda-feira (5) no programa Além da Notícia, da Rádio Jornal Caruaru e voltou a criticar fortemente o Governador do Estado de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), sobre o combate a pandemia da Covid-19. Para Mendonça são poucas ações e não existe nenhum apoio para o micro e pequeno empresário e nem tampouco para a população pernambucana.

“Quem vive de eventos relacionados ao setor de turismo e cultural está ai passando um momento extremamente delicado, e não houve socorro, não houve suporte por parte do Governo de Pernambuco. O 13º do Bolsa Família é seletivo, não é para todos os beneficiários do Bolsa Família, aliás essa é a prática do PSB que gosta desse tipo de política que faz de conta”, disse Mendonça Filho.

O democrata também reclamou sobre o fato dos pernambucanos estarem pagando um pouco mais no preço, do gás de cozinha, do diesel, da gasolina e do etanol hidratado desde o dia 1º de abril por conta do governo de Pernambuco que aumentou o preço do valor de referência sobre o qual é calculado o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). “Pernambuco hoje está no fundo do posso, é um estado que parou no tempo. Os comerciantes, grande parte, tem unidade filial na Paraíba por que o imposto aqui é tão elevado. O IPVA é mais caro e tem gente matriculando o carro na Paraíba”, disse o político.

Mendonça Filho destacou que esse é um bom momento para a oposição buscar uma unidade para a disputa das eleições de 2022. “Raquel Lyra (PSDB), prefeita de Caruaru, tem meu apresso, meu respeito pessoal, Anderson Ferreira (PL), prefeito de Jaboatão e Miguel Coelho (MDB), prefeito de Petrolina. São três nomes que estão nas cogitações no campo da oposição pra liderar o debate pra gente tentar tirar do poder o PSB”, reiterou.

A entrevista completa pode ser conferida abaixo: