coronavírus

Entenda quais são os efeitos de tipos sanguíneos em casos graves de Covid-19

Pesquisas apontam resultados distintos sobre a influência do vírus em tipos sanguíneos diferentes.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 07/04/2021 às 9:25
NOTÍCIA
Reprodução/NE10 Interior
FOTO: Reprodução/NE10 Interior
Leitura:

Uma pergunta que surgiu no início da pandemia e ainda está em aberto é a influência da Covid-19 sobre os diferentes tipos sanguíneos. Cientistas têm realizado pesquisas em todo o mundo para observar como proteínas do coronavírus Sars-CoV-2 interagem com as células humanas antes da infecção.

Uma das perguntas que mais intriga os pesquisadores é se o coronavírus tende mais a ser mais perigoso para algum tipo sanguíneo do sistema ABO (O, A, B ou AB). Uma pesquisa publicada em março na revista científica Blood Advances aponta que o tipo sanguíneo A tem tem uma "forte preferência" do vírus. 

A mesma característica não foi observada em pessoas com tipos sanguíneos B ou O. Os autores da pesquisa da das faculdades de medicina de Harvard e Emory (EUA) apontam que existe uma "conexão direta entre o tipo sanguíneo A e o SARS-CoV-2" e que esta é uma "evidência adicional de que alguns tipos sanguíneos podem estar associados com um risco maior de contrair a doença".

 No surto causado pelo Sars-Cov, em 2000, cientistas identificaram que o sangue tipo O poderia ter um efeito protetivo contra o vírus. Já o Sars-CoV-2, responsável pela atual pandemia, pode ter preferência por células respiratórias presentes em pessoas do tipo sanguíneo A, de acordo com estudo da Blood Advances publicado em março.

Contrapartida

Outros cientistas, entrevistados pela BBC News Brasil, afirmam no entanto que estes resultados apresentados são preliminares e que não existe um consenso entre a classe científica sobre os efeitos da Covid-19 sobre os tipos sanguíneos. Apesar dos dados apresentados em grande parte das pesquisas, é necessário avaliar ainda se outros fatores, além do sistema ABO, estão relacionados à "preferência" da Covid-19 por alguns tipos sanguíneos.

*Com informações do G1

Mais Lidas