Inclusão

Empresa lança programa para ajudar pessoas autistas a conseguirem o 1º emprego

Organização é americana vai atender autistas ou com outra desordem neurológica cognitiva

Hanna Aragão
Hanna Aragão
Publicado em 15/04/2021 às 11:41
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

Com o objetivo de ajudar  na inclusão de pessoas com autismo a conseguirem o primeiro emprego, a empresa Ernst & Young, lançou um programa 60 Minutes que dá empregos à autista ou com outro tipo de desordem no desenvolvimento neurológico, em Boston (EUA).

A empresa é uma das maiores instituições financeiras do mundo, e está presente em vários lugares do mundo. A chefe do escritório de Boston, Jane Steinmetz, explicou que para essas pessoas encontrar emprego é um desafio, principalmente durante a pandemia do novo coronavírus. 

Jake Bennett, é formado em matemática e é diagnosticado com síndrome de asperger. O jovem sempre sentiu dificuldade para encontrar o primeiro emprego, já que o distúrbio afeta como as pessoas percebem o mundo e interagem com o outro.

O programa 

Desordem cognitivas como dislexia, autismo ou TDAH podem prejudicar os candidatos em entrevistas de emprego tradicionais. Por isso, o programa foi desenvolvido especialmente para a contratação desses jovens. 

Graças ao programa, Bennett e mais de 150 pessoas ao redor do mundo ingressaram na Ernst & Young por meio do programa. A iniciativa tem colaborado para evitar estigmatizar e incluir essas pessoas. 

***Com informações do "Razões para Acreditar"

Mais Lidas