menu

Prefeitura de Petrolina cancela São João 2021

Festa foi cancelada por causa da covid-19

Pátio Ana das Carrancas, em Petrolina, não receberá mais o São João
Pátio Ana das Carrancas, em Petrolina, não receberá mais o São João (Divulgação/ Prefeitura de Petrolina)

O Prefeito da cidade de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), concedeu entrevista nesta quinta-feira (15) no programa Além da Notícia, da Rádio Jornal Caruaru e anunciou que o São João 2021 da Capital do Sertão também não será realizado por conta da pandemia da Covid-19. O mdebista relatou que nem esperava realizar a festa em meio a crise sanitária no Brasil.

“Não dá para cancelar o que não já não iria ter. A gente sabia que a pandemia ia levar o primeiro semestre todo para poder a vacina ganhar tração de poder garantir vacina pelo menos nos grupos prioritários que a gente deve finalizar até o final de abril, então a gente nem trabalhava com a perspectiva de ter o São João, infelizmente, por que é o segundo ano agora que agente vai perder a oportunidade de realizar uma festa tão cultural, tão tradicional que é a cara do nordeste”, afirmou o gestor.

O prefeito Miguel Coelho também disse que desde o ano passado optou por uma linha de crédito através da agência do empreendedor para ajudar os artistas e os microempreendedores durante esse período de crise financeira. “A gente optou desde o ano passado abrir crédito através da agência do empreendedor com dinheiro subsidiado, tanto não só para a classe artística, mas qualquer microempresário, profissional autônomo. Nossa agência aqui tem linhas desde 2 mil reais até 25 mil reais com formas e carência totalmente pensadas exatamente para esse período de pandemia. A questão do auxílio a gente não pensou trabalhar aqui até por que a gente entende que isso é um papel tanto do estado como da união”, destacou.

Sobre a possibilidade de disputar as eleições de 2022 como candidato ao Governo do Estado, Miguel Coelho, se disse otimista com essa possibilidade de diálogo e de construção através da coesão e da união. “A gente tem até setembro para poder fazer essa construção, fazer uma articulação envolvendo várias lideranças […] para que de uma forma unida a gente possa mostra para o povo de Pernambuco que há um novo estado por vir, há um novo momento, há um novo amanhecer que a gente pode construir muito melhor, que possa ascender a esperança e a certeza”, disse o prefeito.

A entrevista completa você confere abaixo: