inves

Caso Henry: Imagens mostram Monique em salão de beleza no dia seguinte ao sepultamento do filho

Mãe de Henry teria ido ao salão tirar o mega hair por causa de uma crise de nervosismo.

Hanna Aragão
Hanna Aragão
Publicado em 20/04/2021 às 7:38
NOTÍCIA
Reprodução
FOTO: Reprodução
Leitura:

Monique Medeiros da Costa e Silva teve que dar explicações após imagens divulgadas mostrarem que ela esteve em um salão de beleza no dia seguinte ao sepultamento do filho, Henry Borel Medeiros, de 4 anos. Segundo a defesa de Monique, a professora, que é investigada pelo homicídio da criança, foi ao salão para fazer manutenção do mega hair, método de alongamento de cabelo, por que é teve uma crise nervosa e desgrudou os apliques.

“Monique ficou desesperada, arrancou os cabelos porque tem mega-hair. Foi esse o motivo de ela ter ido ao salão no dia seguinte. A minha cliente não tinha como se apresentar daquela forma”, disse o advogado Hugo Novais

De acordo com informações obtidas pelo site EXTRA, a professora esteve no estabelecimento no dia 12 de março. Uma conversa recuperada no celular da suspeita, mostra mensagens trocadas entre ela e uma atendente do salão, logo depois que o pagamento foi feito, às 14h. Na conversa a funcionária se desculpa por ter cobrado um valor inferior aos serviços prestados que correspondem a pé: R$ 39; mão: R$ 35; conserto (de unha de acrigel): 27; e tratamento: R$ 139, totalizando R$ 240. A atendente pede para que Monique transfira por Pix, a quantia de R$ 40 que faltaram. A mãe de Henry, então, responde: "Sem problemas, vou passar aí".

Depoimentos de funcionárias do salão

Um mês antes, no dia 12 de fevereiro, Monique esteva nesse mesmo salão quando recebeu uma ligação por vídeo chamada do filho Henry. Uma das funcionárias do salão prestou depoimento a 16ª DP (Barra da Tijuca), e informou que a criaça dizia “Mamãe, eu te atrapalho?” e “Mamãe, o tio disse que eu te atrapalho”. Ela teria respondido que não, e Henry teria pedido para a mãe voltar pra casa, dizendo que “O tio bateu”.

A profissional ainda disse que Monique ficou agitada e fez uma chamada telefônica ao vereador Jairo Souza Júnior (Dr. Jairinho), com quem namora desde o ano passado. Na ligação ela conversa dizendo: “Você nunca mais fale que meu filho me atrapalha, porque ele não me atrapalha em nada.” E continuou: “Você não vai mandar ela embora, porque se ela for embora, eu vou junto. Porque ela cuida muito bem do meu filho. Ela não fez fofoca nenhuma. Quem me contou foi ele”.

Mais Lidas