luto

"Painho foi embora cantar no céu", lamenta filho de Augusto César

O cantor morreu na última terça-feira (20).

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 21/04/2021 às 10:00
NOTÍCIA
LEO MOTTA/ACERVO JC IMAGEM
FOTO: LEO MOTTA/ACERVO JC IMAGEM
Leitura:

Augusto César, cantor pernambucano, morreu na última terça-feira (20), no Recife, após ter o quadre de saúde agravado por causa de problemas renais e da Covid-19. Seu filho, José Augusto, disse nesta quarta-feira (21), em entrevista à Rádio Jornal como foram os últimos momentos com o pai.

Além das complicações de saúde, o cantor era diabético. Ele teria passado mal em casa e foi socorrido em um hospital público, mas o estado foi se agravando. "Ele estava com alguns quadros, mas era muito teimoso. Tentei levá-lo para fazer exames e ele não quis. Só quando ficou muito ruim, conseguimos levá-lo. Chegando lá, o médico detectou que provavelmente era covid, e que os problemas que ele tinha foram agravados pelo vírus", disse José. 

Augusto foi levado ao Hospital Hapvida, na capital pernambucana, onde foi internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi intubado. "Foi tudo muito rápido. Em um piscar de olhos, painho foi embora cantar no céu", lamentou o filho.

Mais Lidas