internacional

Hospital italiano descobre que funcionário não ia trabalhar há 15 anos

O homem teria recebido cerca de R$ 3,6 milhões ao longo dos anos sem sequer aparecer no trabalho.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 22/04/2021 às 10:14
NOTÍCIA
Getty Images/Via BBC
FOTO: Getty Images/Via BBC
Leitura:

O hospital de Ciaccio, na cidade de Catanzaro, no sul da Itália descobriu que um de seus funcionários estava faltando ao trabalha há 15 anos. O homem aparecia na atual folha de pagamento do hospital italiano e, de acordo com a mídia local, teria deixado de comparecer ao trabalho em 2005.

O hospital alega que o funcionário teria recebido ao longo dos anos cerca de € 538.000, o que equivale a R$ 3,6 milhões em valores atuais, sem ao menos ter ido ao local de trabalho. No entanto, não há informações sobre o que ele disse à polícia para se defender das acusações.

Investigações

Além do funcionário, seis gerentes do hospital também são investigados por envolvimento no caso, que é fruto de uma investigação a respeito de absenteísmo e suspeitas de fraude no setor público.

De acordo com a polícia, o homem teria sido chamado para uma vaga em 2005 e deixou de trabalhar nessa mesma época. Ele teria ameaçado o chefe da unidade, para que não preenchesse um relatório de disciplina desfavorável. O gestor acabou se aposentando e a ausência do funcionário não foi percebida pelo departamento de recursos humanos.

Mais Lidas