Morte

Paulo Gustavo não tinha comorbidade que agravasse quadro de covid-19, diz equipe médica

Ator faleceu vítima da doença

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 10/05/2021 às 15:12
NOTÍCIA
Reprodução Globo/João Cotta
FOTO: Reprodução Globo/João Cotta
Leitura:

O ator Paulo Gustavo, que faleceu vítima de complicações da covid-19, não tinha comorbidades que pudessem agravar o quadro da doença. A informação foi divulgada no Fantástico, da TV Globo, pela equipe médica que cuidou do humorista. Paulo tinha asma, mas ela estava controlada e não agravou a situação dele.

Morte de Paulo Gustavo

Paulo Gustavo estava internado desde o dia 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana. Ele chegou a ser intubado na UTI por causa da gravidade do quadro e contou com a ajuda de um pulmão artificial no tratamento. O ator apresentou piora no seu estado de saúde no último domingo (2), quando sofreu uma embolia pulmonar.

"Cada morte de um filho eu chorava sem saber que meu filho ia passar por isso", diz mãe de Paulo Gustavo

Um novo boletim divulgado pela assessoria disse que o ator estava com quadro irreversível, mas mantinha os sinais vitais. “Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante", diz trecho da nota.

Após a piora divulgada pela equipe, várias pessoas se reuniram em frente ao hospital para conseguir alguma informação sobre o ator. Às 21h12 do dia 4 de maio, a morte de Paulo Gustavo foi divulgada.

Mais Lidas