Crime

Suspeito de matar Patrícia Roberta é encaminhado para Penitenciária após cumprir quarentena

Jovem ficou 14 dias na Central de Polícia

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 11/05/2021 às 10:19
NOTÍCIA
Reprodução/Arquivo pessoal
FOTO: Reprodução/Arquivo pessoal
Leitura:

O suspeito de ter matado a jovem de Caruaru Patrícia Roberta foi encaminhado para a Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega, em João Pessoa, na Paraíba, nesse sábado (8), após cumprir os 14 dias de quarentena na Central de Polícia por causa da pandemia da covid-19.

Segundo o Secretário Executivo da Secretaria de Administração Penitenciária da Paraíba, o suspeito passará inicialmente pelo período de reconhecimento e depois será levado a alguma das celas da unidade. O período deve durar cinco dias e, durante esse tempo, ele não terá contato com os outros detentos.

"É o que eu tenho dela, o abraço dela naquele dia", diz mãe de Patrícia Roberta recordando momentos com a filha

Caso Patrícia: Ex-namorada de suspeito presta depoimento em João Pessoa

Relembre o caso Patrícia Roberta

De acordo com os familiares, Patrícia Roberta teria ido visitar um suposto amigo em João Pessoa, na Paraíba, na última sexta-feira (23 de abril). Patrícia voltaria para Caruaru na segunda-feira (26 de abril) e mantinha contato com os familiares durante a estadia na capital paraibana. No entanto, no último domingo (25 de abril) a jovem desapareceu.

Em entrevista ao NE10 Interior, a prima de Patrícia disse que na última semana a jovem havia falado com ela pedindo ajuda para comprar uma passagem de ônibus e informou à família que iria viajar para João Pessoa para encontrar um amigo, que teria estudado com ela no colégio em Caruaru, quando era mais nova.

A jovem pernambucana saiu em direção a João Pessoa por volta das 17h da última sexta-feira (23). Ao chegar na cidade, a jovem avisou à família que havia chegado e mandou fotos. No sábado (24), ela enviou uma foto em que aparecia o prédio onde supostamente ela estava hospedada. No domingo (25), Patrícia parou de responder às mensagens dos familiares.

Depois que os familiares perderam o contato com Patrícia no último domingo (25), a jovem foi dada como desaparecida pela família. A policia realizou buscas e encontrou o corpo dela em um terreno da capital paraibana em avançado estado de putrefação.

O corpo da jovem foi enterrado no Cemitério Dom Bosco, em Caruaru.

Sobre a prisão do suspeito

De acordo com a PM, o suspeito, de 23 anos, foi encontrado no final da noite da terça-feira (27). Inicialmente o amigo dele foi localizado e reconhecido por populares. Ele estava com uma moto e um caderno com anotações que teriam sido enviadas a ele pelo próprio suspeito. A polícia resolveu acompanhá-lo até a residência dele e, no local, o suspeito foi encontrado deitado em um colchão.

Na casa, a PM encontrou a motocicleta que pode ter sido usada pelo suspeito para transportar o corpo da vítima durante a madrugada da terça-feira. O suspeito foi levado para a Central de Polícia, juntamente com o amigo, que já havia sido detido mais cedo e liberado na delegacia.

Circuito mostra suspeito em caso de desaparecimento de jovem de Caruaru carregando corpo em moto; veja vídeo

Livros de ocultismo e lista com nomes de mulheres são encontrados na casa de suspeito de matar jovem de Caruaru

Mais Lidas