ciência

Quase 100 filhotes de espécie ameaçada de tubarão nascem por inseminação artificial

Os animais nasceram em um aquário com supervisão de cientistas.

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 17/05/2021 às 9:49
NOTÍCIA
Divulgação/Aquarium of the Pacific
FOTO: Divulgação/Aquarium of the Pacific
Leitura:

Cientistas têm alertado frequentemente para o declínio das populações de tubarões. Foi por causa desse contexto que um grupo utilizou o método de inseminação artificial para dar vida a 97 bebês tubarões. O resultado da pesquisa foi publicado na Scientific Reports.

De acordo com os especialistas, 16 das 31 espécies de tubarões oceânicos estão ameaçadas criticamente ou ameaçadas de extinção, de acordo com uma pesquisa publicada na Nature no começo deste ano. Observadores afirmam que o número de tubarões e raias nos oceanos reduziu em 71% de 1970 a 2018.

É por isso que os pesquisadores do projeto que deu a vida aos tubarões é considerado "o maior esforço já feito".

Inseminação artificial em tubarão

Especialistas afirmam que a prática de inseminação artificial em aquários pode promover a diversidade genética das espécies, além da preservação delas. No entanto, o processo é considerado caro, por existir a necessidade de mover os animais de um local para outro para acasalamento.

O estudo foi conduzido por cientistas da South-East Zoo Alliance for Reproduction & Conservation, que é uma organização sem fins lucrativos da Flórida que conta com a colaboração de cinco aquários em diferentes cidades dos Estados Unidos.

*Com informações da CNN

Mais Lidas