caso patrícia

Caso Patrícia Roberta: Jonathan e namorada são indiciados pelo assassinato da jovem

Yvina Oliveira, que está grávida, é suspeita de ser cúmplice do crime

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 20/05/2021 às 17:49
NOTÍCIA
Reprodução/Arquivo pessoal
FOTO: Reprodução/Arquivo pessoal
Leitura:

A Polícia Civil da Paraíba indiciou Jonathan Henrique Conceição dos Santos, de 23 anos, pelos crimes de feminicídio e ocultação de cadáver. A namorada dele, Ivyna Oliveira, que está grávida, também foi indiciada e é suspeita de ter sido cúmplice do crime.

O delegado Canrobert Rodrigues confirmou e disse que o casal foi indiciado na semana passada, porém, a informação só foi divulgada nesta quinta-feira (20).

O advogado de Jonathan, Rafael Garziera, disse que não tem posicionamento e que até agora a Polícia Civil não deu acesso à perícia à defesa do suspeito. Já o advogado de Ivyna, informa que o inquérito ainda não foi concluído e que ela está apenas sendo investigada.

Jonathan, que foi conduzido ao presídio do Roger no dia 28 de abril, decidiu se pronunciar apenas em juízo. As investigações do crime seguem em segredo de justiça.

Entenda o caso

De acordo com os familiares, Patrícia Roberta teria ido visitar um suposto amigo em João Pessoa, na Paraíba, no dia 23 de abril, sexta-feira. Patrícia voltaria para Caruaru na segunda-feira (26) e mantinha contato com os familiares durante a estadia na capital paraibana. No entanto, no domingo (25) a jovem desapareceu.

Em entrevista ao NE10 Interior, a prima de Patrícia disse que na última semana a jovem havia falado com ela pedindo ajuda para comprar uma passagem de ônibus e informou à família que iria viajar para João Pessoa para encontrar um amigo, que teria estudado com ela no colégio em Caruaru, quando era mais nova.

A jovem pernambucana saiu em direção a João Pessoa por volta das 17h da sexta-feira (23). Ao chegar na cidade, a jovem avisou à família que havia chegado e mandou fotos. No sábado (24), ela enviou uma foto em que aparecia o prédio onde supostamente ela estava hospedada. No domingo (25), Patrícia parou de responder às mensagens dos familiares.

Depois que os familiares perderam o contato com Patrícia no domingo (25), a jovem foi dada como desaparecida pela família. A polícia realizou buscas e encontrou o corpo dela em um terreno da capital paraibana em avançado estado de putrefação.

O corpo da jovem foi enterrado no final da tarde da quinta-feira (29) no Cemitério Dom Bosco, em Caruaru.

*Com informações do G1 Paraíba

Mais Lidas