Retomada

Creche onde ocorreu chacina em Santa Catarina volta às atividades presenciais nesta segunda

Três crianças e duas pessoas adultas morreram no ataque

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 24/05/2021 às 12:51
NOTÍCIA
Divulgação/Prefeitura de Saudades (SC)
FOTO: Divulgação/Prefeitura de Saudades (SC)
Leitura:

A creche onde ocorreu a chacina que vitimou três crianças e duas pessoas adultas em Saudades, Santa Catarina, voltou a receber crianças nesta segunda-feira (24). Os alunos estão sendo recepcionados pelas educadoras.

O local passou por uma reforma após o ataque. De acordo com a secretária de Educação, Gisela Hermann, as atividades presenciais estão voltando aos poucos após 20 dias e a segurança será reforçada.

“A comunidade e as autoridades uniram as forças para reestruturar e embelezar a creche Aquarela. Queremos proporcionar maior segurança através de sistemas de monitoramento, bem como a contratação dos serviços de vigilância com profissionais qualificados e treinados para fazer a segurança no local”, conta a secretária.

*Com informações do portal ND+

Relembre o caso

Um jovem de 18 anos invadiu uma escola no município de Saudades, em Santa Catarina, e matou três crianças e duas professoras. Segundo informações da Polícia Civil do estado, ele estava com um facão e golpeou alunos e professores ao entrar no local.

Homem invade creche e três mata crianças e duas adultas em Santa Catarina

Ainda de acordo com PC, o suspeito chegou de bicicleta e invadiu a escola por volta das 10h. Primeiro ele atacou uma professora de 30 anos que estava na entrada do prédio. A vítima tentou correr do suspeito, mas foi alcançada pelo homem e morreu na escola.

Após atacá-la, entrou em uma sala de aula e desferiu golpes em crianças. Na sala havia quatro alunos e uma funcionária da escola. O delegado responsável pelo caso disse: "Ele começou a atacar a professora, que correu para uma sala onde tinham crianças. Lá nessa sala, ele agrediu outras pessoas".

A Polícia Civil, também informou que duas crianças morreram no local e uma terceira foi socorrida, mas não resistiu e morreu. As três crianças que morreram tinham menos de dois anos e eram alunas da creche, de acordo com o delegado Jerônimo Marçal. Além das crianças, uma professora morreu no local e uma funcionária da creche foi hospitalizada, mas não resistiu.

Mais Lidas