crime

Taxista é espancado até a morte após matar ex-cunhada a tiros e tentar matar ex-companheira e a mãe dela

O homem foi morto pelos moradores da rua onde cometeu o crime.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 24/05/2021 às 10:45
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

Um motorista de táxi, de 49 anos, foi espancado até a morte no último domingo (23) após matar a ex-cunhada a tiros e agredir a ex-companheira e a mãe dela no bairro do Sancho, no Recife.

O homem teria ido até a casa da mulher porque não aceitava o fim do relacionamento. De acordo com o relato dos familiares, o motorista, que portava um revólver calibre 38, teria atirado contra a ex-companheira, sua irmã, de 34 anos, e a mãe das duas, uma idosa de 60 anos.

As mulheres foram baleadas pelo taxista em um carro, na frente da casa da família. Ao perceberem a situação, os vizinhos se revoltaram e o agrediram. 

O taxista e as três mulheres foram levados ao Hospital Otávio de Freitas, na Zona Oeste do Recife. No entanto, o motorista e a ex-cunhada, que foi atingida pelos tiros, não resistiram aos ferimentos e morreram. 

Desdobramentos do caso

Em entrevista à Rádio Jornal, um comerciante contou que o taxista havia tentado sequestrar a ex-companheira na última sexta-feira (21). Familiares contaram que a mulher tinha uma medida protetiva contra o homem desde o começo do mês de maio.

*Com informações da Rádio Jornal 

Mais Lidas