Covid-19

Confira quais são os municípios que terão restrições ainda mais rígidas até 6 de junho em Pernambuco

O anúncio da ampliação das medidas restritivas para conter a Covid-19 foi feito pelo governador Paulo Câmara.

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 25/05/2021 às 7:30
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

Na tarde da última segunda-feira (24), o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), anunciou a ampliação das medidas restritivas de combate à Covid-19 no Estado até o dia 6 de junho. Em pronunciamento, Câmara informou que irá se reunir com prefeitos nesta terça-feira (25) para alinhar como será feita a ampliação das medidas, mas adiantou que as medidas serão mais rígidas para 65 cidades.

Estas novas medidas começam a valer na próxima quarta-feira (26). Terão medidas restritivas mais duras os 53 municípios das Gerências Regionais (Geres) IV e V – que têm como cidades polo Caruaru e Garanhuns – no Agreste, e mais 12 cidades da Geres II, com sede em Limoeiro. A medida permite o funcionamento apenas das atividades consideradas essenciais, como supermercados e farmácias.

De acordo com Paulo Câmara essa é a primeira de uma série de providências que serão tomada para manter o Estado entre os quatro do Brasil com menor mortalidade na pandemia. O governador anunciou ainda que solicitou ao Ministério da Saúde mais testes de antígeno, concentradores de oxigênio e uma investigação sobre as novas variantes da Covid-19 nas amostras coletadas no Agreste.

Municípios que terão restrições mais rígidas:

II Geres: Bom Jardim, Casinhas, Cumaru, Feira Nova, João Alfredo, Limoeiro, Machados, Orobó, Passira, Salgadinho, Surubim e Vertente do Lério.

IV Geres: Agrestina, Alagoinha, Altinho, Barra de Guabiraba, Belo Jardim , Bezerros, Bonito, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Camocim de São Felix, Caruaru, Cupira, Frei Miguelinho, Gravatá, Ibirajuba, Jataúba, Jurema, Panelas, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Uma, São Caetano, São Joaquim do Monte, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Toritama, Vertentes. As 12 cidades da Geres II que entrarão em quarentena rígida são Bom Jardim, Casinhas, Cumaru, Feira Nova, João Alfredo, Limoeiro, Machados, Orobó, Passira, Salgadinho, Surubim e Vertente do Lério. 

V Geres: Águas Belas, Angelim, Bom Conselho, Brejão, Caetés, Calçados, Canhotinho, Capoeiras, Correntes, Garanhus, Iati, Itaíba, Jucati, Jupi, Lagoa do Ouro, Lajedo, Palmerina, Paranatama, Saloá, São João, Terezinha.

Outras regiões

Na Macrorregião 1, que contempla a Região Metropolitana do Recife e cidades da Zona da Mata, apenas atividades permitidas poderão funcionar nos finais de semana. Durante a semana, permanece o esquema atual, com fechamento às 20h. Na Região Metropolitana do Recife e cidades da Zona da Mata, onde apenas atividades permitidas poderão funcionar nos finais de semana. Durante a semana, permanece o esquema atual, com fechamento às 20h. 

Nas Macrorregiões 3 e 4 – ambas no Sertão do Estado – permanece o funcionamento das atividades em geral até 20h, de segunda a sexta, e até 18h nos finais de semana. De acordo com o governador Paulo Câmara, a aceleração exponencial da contaminação pela Covid-19 no Agreste do Estado resultou em um aumento de ocupação em todo o sistema de saúde nas últimas semanas. “A consequência direta disso é mais tempo entre a solicitação de um leito de UTI e a transferência dos pacientes para uma vaga de terapia intensiva”, explicou.

Confira o pronunciamento:

Mais Lidas