coronavírus

Bebê com 5 meses fica intubada com 80% dos pulmões comprometidos e morre com Covid-19

A pequena Sarah Vitória completaria 6 meses nesta sexta (28).

Eduarda Cabral
Eduarda Cabral
Publicado em 28/05/2021 às 8:55
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

Uma bebê com apenas 5 meses de idade precisou ser intubada depois de ficar com 80% dos pulmões comprometidos por causa da Covid-19 e morreu um dia antes de completar 6 meses de vida. A pequena Sarah Vitória Domingues estava internada desde o dia 10 de maio e desde o dia 15 estava Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular em Santos, São Paulo.

Foi no dia 10 que ela e sua mãe, Sameque Vitória Gois, de 22 anos, haviam sido diagnosticadas com a doença. Em entrevista ao G1, Sameque informou que a filha morreu após sofrer uma parada cardíaca. A bebê será sepultada às 9h nesta sexta-feira. 

Luta pela recuperação

Desde que foi internada, a menina chegou a precisar de doações de sangue para tratar uma anemia profunda. A família contou com a ajuda de amigos e conhecidos após divulgar a situação nas redes sociais. “A Sarinha foi bem guerreira. O ar estava começando a sair do pulmão, já tinha saído 90%, os drenos estavam fazendo efeito, mas, de repente, eles pararam, e foi necessário fazer uma traqueostomia, pois o ar estava comprimindo o coração dela", relatou a mãe. 

Sarah precisou passar por um procedimento cirúrgico de emergência para drenar o ar que vasou dos pulmões para dentro do tórax. "Mesmo depois da cirurgia, a saturação continuou caindo, e os batimentos também, mas ela foi guerreando a noite toda. Às 4h30, ela sofreu uma parada cardíaca e tentaram reanimar, mas ela acabou falecendo”, explicou Sameque.

A mãe da menina desabafou ainda sobre a dor de perder uma criança para a doença. “Eu acho muito importante as pessoas saberem, porque eu mesma não acreditava que [a Covid-19] poderia acometer as crianças, como acometeu a minha filha. Então, se vocês têm condições de ficar em casa, fiquem, porque nada se compara à dor de perder um filho para essa doença”, desabafa.

Mais Lidas