Saúde

O que o cigarro causa no corpo humano? Profissional fala sobre o Dia Mundial Sem Tabaco

Número de fumantes ainda é alto no Brasil

Samara Pontes
Samara Pontes
Publicado em 04/06/2021 às 10:57
NOTÍCIA
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

No Consultório dessa quarta-feira (2), a radialista Samara Pontes conversou com o pneumologista Elie Fiss do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo. O profissional falou sobre o Dia Mundial Sem Tabaco, vivenciado no dia 31 de maio, e a importância de falar sobre o tema em meio a pandemia.

De acordo com o especialista, apesar do alto número de fumantes no Brasil os números vem diminuindo significativamente. "Nós já chegamos a ter quase 25% da população de fumantes e hoje temos aproximadamente 12%. Isso se deve a proibição do cigarro em diversos ambientes, campanhas de conscientização inclusive nos próprios maços, entre outras medidas", ressalta.

Quando se fala em doenças causadas pelo cigarro, o câncer de pulmão aparece como a principal patologia, mas mesmo sendo a principal causa desse câncer, está longe de ser o único problema de saúde: "Além do aumento no risco de doenças cardiovasculares, o tabagismo é uma das principais causas da DPOC que é um conjunto de doenças pulmonares que bloqueiam o fluxo de ar, a exemplo da bronquite crônica e do enfisema pulmonar", reforça o pneumologista.

Com a pandemia o alerta é ainda maior: "Ser fumante pode gerar uma série de problemas e consequentemente aumentar o risco de desenvolver as formas graves da Covid-19. É importante que todos saibam que, apesar de ser difícil por causa da dependência, é possível largar o cigarro. Existem diversos tratamentos multiprofissionais pelo SUS que ajudam o paciente a se livrar desse mal. A questão psicológica conta muito e precisa ser bem conduzida. Largar o cigarro é ter melhores perspectivas de vida".

Veja a entrevista:

Mais Lidas