Solidariedade

Adolescente que está passando por dificuldades financeiras com o pai grava vídeo pedindo ajuda e viraliza

Após viralizar, menina conseguiu doações de alimentos e agora tem uma outra vontade.

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 11/06/2021 às 19:11
NOTÍCIA
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

Um vídeo emocionante foi gravado por uma adolescente chamada Maria Roseli mostrando a situação difícil em que ela e o pai estão vivendo em Serra do Gavião, Alagoinha e está chamando a atenção nas redes sociais. A família está passando por dificuldades financeiras e a geladeira e os armários estão vazios.

"Eu olhei para o armário e não tinha nada e comecei a chorar. Eu gravei [o vídeo] e mandei para mãe, ela mandou o vídeo para uma amiga de Pesqueira. Na hora eu só tinha água dentro de uma panela, um leite dentro do armário que não prestava mais e meta de uma fuba, que pai ia fazer", contou a menina em uma entrevista à equipe da TV Jornal Interior.

O vídeo pedindo ajuda foi gravado pela adolescente na semana passada e viralizou rapidamente em Alagoinha e nas cidades próximas, como Pesqueira. O registro foi feito com o objetivo de mostrar a mãe dela o que estavam passando. A agricultora Cícera Maria não tem condições financeiras de criar a menina e, por isso, ela mora com o pai. A mulher ficou muito emocionada ao ver o relato da filha.

"Eu comecei a chorar, entrei em desespero porque eu nunca tinha visto ela passar por essa situação. O pai dela está doente, mas nunca deixou faltar nada pra ela. Mas nesse momento, eu entrei em desespero e pedi ajuda a minha colega. Um caso assim nunca aconteceu antes com minha filha. Eu pedi a Deus pra ele me dar condições de cuidar da minha filha", relatou a mãe em meio as lágrimas. 

O pai de Roseli, seu Ernande Pereira, trabalha entregando água nas casas, já que muitas residências não tem água encanada. No entanto, por conta da pandemia da covid-19, os trabalhos diminuíram e as dificuldades foram crescendo com a falta da fonte de renda.

"Eu consegui dois tambores de água, e fui vender. Com o dinheiro fui comprar algumas coisas para comer. Quando eu cheguei, ela tinha feito esse vídeo sem eu saber, mas desse dia até hoje não faltou mais nada", disse Ernande. 

Após o vídeo de Roseli viralizar, várias pessoas resolveram ajudar a família doando alimentos. Nas imagens a menina mostra os armários e a geladeira cheia. E agora, a menina tem outra vontade: que a casa dela e do pai sejam reformados.

"Nós nunca chegamos nessa fase de ter tudo bom e eu queria ter uma coisa boa. Queria reformar a minha casa e a casa do meu pai", falou Roseli. 

Quem puder ajudar Roseli e o pai dela, pode entrar em contato através do telefone (87) 9.9191-8039.

Veja a reportagem:

Mais Lidas