Pandemia

Bolsonaro é multado por descumprir decreto estadual durante passeio de moto em São Paulo

O presidente, o deputado Eduardo Bolsonaro e o ministro Tarcísio Gomes foram multados no valor de R$ 552,71

NE10 Interior NE10 Interior
NE10 Interior
NE10 Interior
Publicado em 12/06/2021 às 14:40
NOTÍCIA
Arquivo/Agência Brasil
FOTO: Arquivo/Agência Brasil
Leitura:

Mesmo depois de ter sido ameaçado por Dória, prefeito de São Paulo, o presidente da República, Jair Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, e o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, foram multados por equipes de saúde e segurança pública de São Paulo por não usarem máscara durante um passeio com motociclistas realizado neste sábado (12).

O uso de máscaras é obrigatório no estado de São Paulo desde maio de 2020, conforme um decreto estadual e uma resolução da secretaria da Saúde. Cada um deles foi multado em R$ 552,71 por desrespeito a um decreto estadual para prevenir a propagação do coronavírus. 

Segundo o governo do estado, os três receberam um auto de infração aplicando a multa e apontando a "necessidade da manutenção das medidas preventivas já conhecidas e preconizadas pelas autoridades sanitárias internacionais, como uso de máscara e distanciamento social".

'Motociata' em São Paulo

O passeio de moto aconteceu na tarde deste sábado (12). Na ocasião, motoqueiros e ciclistas com bandeiras do Brasil amarradas aos veículos, além de manifestantes a pé, se aglomeraram na avenida Santos Dumont para recepcionar o presidente. A maioria dos participantes e o próprio presidente também não utilizou o item de proteção, de acordo com o UOL. 

Por conta do passeio, a Polícia Militar fez bloqueios em algumas vias da cidade, por questões de segurança. O grupo começou a se reunir por volta das 7h na Avenida Olavo Fontoura, na Zona Norte. O grupo começou a se reunir por volta das 7h na Avenida Olavo Fontoura, na Zona Norte e saíram às 10h.

Ameaça de Doria 

Na última quarta-feira (9) o governador de São Paulo, João Doria, afirmou durante uma coletiva no Palácio dos Bandeirantes que, caso o presidente Jair Bolsonaro participasse do evento na capital no final de semana e não use máscara nas ruas do estado, ele seria multado. 

> Doria ameaça multar Bolsonaro se ele não usar máscara durante evento em SP

"Se o presidente Bolsonaro imagina que, pelo fato de ser presidente, pode vir participar de um movimento de rua e não usar máscara, ele será multado, assim como qualquer cidadão", afirmou João Doria. 

*Com informações do UOL

Mais Lidas